Chrysler e Dodge tem futuro garantido dentro da FCA com novo plano estratégico


A FCA confirmou que as marcas Chrysler e Dodge devem se manter vivas pelo menos até 2022. As marcas devem seguir diferentes caminhos que atualmente. Basicamente cada marca deve focar em um consumidor diferente, com uma participação menor e mais específica. A Chrysler deve focar em questões de mobilidade, com veículos autônomos e novas minivans, enquanto a Dodge deve ser o novo braço de performance da FCA, ficando abaixo da Ferrari. Segundo a Autocar, a FCA deve entregar mais 62 mil unidades da Chrysler Pacifica para a Waymo, empresa que trabalha em questões de carros autônomos. A Chrysler deve ser uma marca especialista em minivans, de olho principalmente no mercado norte-americano, enquanto a Dodge deve desempenhar o papel mais esportivo, com as novas gerações de Challenger e Charger. Segundo a FCA, nenhuma das marcas correm o risco de sair de linha. "As duas marcas não estão fora de cogitação, mas são marcas do mercado norte-americano, e precisam ser desenvolvidas para as condições do mercado local.". A Chrysler deve lançar em breve mais um modelo, que tudo indica que será um modelo menor que a Pacifica. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Volkswagen inicia as vendas do Nivus Sense também para pessoas físicas por R$ 119.990

Iveco já trabalha na homologação do eDaily, que chega ainda neste semestre no Brasil

Mercedes-Benz atualiza itens de série do Classe E no Brasil e fica R$ 61 mil mais barato

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

Curiosidades: Você sabe o que é uma direção subesterçante?

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil