Grupo Volkswagen deve enxugar gastos em até 3 bilhões de euros até 2020


Depois de confirmar o pesado investimento de R$48,5 bilhões em carros elétricos e autônomos, a Volkswagen veio a público que esse investimento deve ter um esforço. O grupo alemão deve enxugar cerca de R$13,2 bilhões (3 bilhões de euros) em gastos na tentativa de aumentar as margens de lucro para se manter saudável. Depois do escândalo do Dieselgate, o grupo ainda se reestrutura e tenta mudar a sua imagem depois de todo o caso. Para diminuir os gastos com o desenvolvimento de tecnologias e do rombo do escândalo, o corte de 3 bilhões de euros, mas sem repetir o mesmo erro da Toyota, por exemplo, que enxugou ao máximo os custos com força de trabalho em fábricas pelo mundo. "Acreditamos que vamos chegar a uma economia de custos de 3 bilhões de euros por volta de 2020, e estamos trabalhando para cortar mais 3 bilhões de euros até 2023", disse Arno Antlitz, membro do conselho responsável pela área financeira da Volkswagen, em conferência de imprensa realizada em Wolfsburg. A Volks espera um lucro de 6% em meados de 2022, três anos antes do planejamento inicial, 2025. A marca ainda deve cortar despesas e reduzir o nível de complexidade de sua linha de veículos. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado