Mercedes-Benz apresenta a Classe E Estate reestilizada no Salão do Automóvel de Genebra


A Mercedes-Benz aproveitou no virtual Salão do Automóvel de Genebra para apresentar a reestilizada Classe E Estate. A maior station wagon da marca ganha melhorias de conectividade, assistência de condução e até mesmo receber o sistema EQ Boost. Entre as novidades visuais, a Classe E 2021 passa a contar com novos faróis de Full-LED, com novo formato, além de uma grade dianteira renovada e com estilo mais arredondado e novas entradas de ar, inferior, e nas extremidades do para-choque. Visto de lateral, as novidades ficam por conta apenas das novas rodas de liga leve. Na traseira, a Estate conta com novo layout das lanternas e novo para-choque traseiro com refletores no meio da peça e novas saídas de escape. No interior, as novidades ficam por conta da central multimídia MBUX e mantém o quadro de instrumentos e tela da central multimídia com a mesma tela, sendo que cada uma possui 12,3 polegadas. Entre os itens de série, as novidades ficam por conta dos assistentes de condução do motorista, que adicionam volante que percebe quando o motorista não está com a mão nele, piloto automático adaptativo que regula a velocidade conforme o percurso, assistente de tráfego, sistema de frenagem autônoma, alerta de ponto-cego para a saída de vagas e um novo sistema de estacionamento automático com câmeras 360º graus com uma visão ainda mais ampla. Ela foi apresentada na versão Classe E All-Terrain, que tem suspensão elevada em 29 mm com ajuste em até 35 mm adicionais (156 mm de vão livre no total). Além disso, as rodas aro 19″ tem pneus de perfil maior e o visual ganha molduras pretas nas caixas de rodas e cinza nos para-choques e grade frontal com dois filetes na cor cinza.


Na mecânica, o Classe E manteve as versões 200, com motor 2.0 Turbo de 186cv e 30,6kgfm, a 220d, com 2.0 Turbo Diesel de 197cv e 40,8kgfm, a 350d com um seis cilindros de 261cv e 63,2kgfm, a 400 4MATIC com um 3.0 seis cilindros de 337cv e 49kgfm e uma versão híbrida chamada de 350e com 282cv e 61,2kgfm extraídos de um motor quatro cilindros, um elétrico e um conjunto de baterias com carregamento na tomada. Ele ainda ganha a opção 450, com um motor 3.0 V6 com 48V, que desenvolve 367cv de potência com tratamento de baixa fricção e controle de abertura de válvula Camtronic. O modelo deverá ter ainda outras opções a gasolina de 185cv, além da opção a diesel com 152cv destinada a outros continentes. A versão 300 conta com o motor 2.0 Turbo a gasolina que desenvolvia 248cv e agora adere ao sistema 48V e passa a desenvolver 268cv. O câmbio em todos os casos é um automático de 9 marchas. A Mercedes ainda revelou a Classe E 53 Estate AMG, com motor 3.0 V6 M250 Turbo com turbocompressores movidos pelos gases do escape. Com sistema de 48V que usa bateria de lítio e recuperação de energia para tomar a condução mais eficiente, o sistema EQ-Boost desenvolve 22cv e 25,5kgfm. Juntos, o 3.0 desenvolve 441cv e 52,9kgfm de torque. Junto ao motor híbrido leve, há a tração integral 4MATIC+ com opção de tração 100% traseira, acoplado ao câmbio automático de 9 velocidades. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI