Jaguar-Land Rover deve apostar em desenvolver tecnologia das células de combustível


Enquanto a Volkswagen fala que não deve desenvolver automóveis com a opção de um motor a hidrogênio, a Jaguar-Land Rover veio confirmar que se interessa pelo desenvolvimento da tecnologia. As marcas inglesas confirmaram que querem criar uma alternativa à eletrificação. Vale destacar que a Jaguar quer ser uma marca puramente de elétricos a partir de 2025, enquanto a Land Rover deve começar a ter seus primeiros elétricos em 2024. Até o final dessa década é o prazo que a Jaguar-Land Rover definiu para lançar um carro com essa mecânica, enquanto o grupo se dará uma data limite de até 2022 para dar início ao desenvolvimento desse tipo de combustível para seus carros. Conhecido internamente como Projeto Zeus, essa parceria visa o estudo do hidrogênio e a melhor viabilidade em carros maiores. Ao que se acredita, essa mecânica seria usada em modelos maiores do grupo, onde um elétrico teria baixa rentabilidade e autonomia por ser maior/mais pesado. A Jaguar-Land Rover tem buscado o desenvolvimento não apenas da eletrificação dos seus carros, mas também em novas opções que podem ser mais viáveis economicamente. Os estudos, como bem disse a JLR, ainda são iniciais porque a estrutura do hidrogênio ainda é menor que a dos carros elétricos, ou seja, pode ser mais custoso trazer isso para a realidade sem que essa tecnologia seja cara. Além de uma estrutura, os carros a hidrogênio ainda demandariam de uma infraestrutura para armazenamento e abastecimento, assim como segurança e manipulação. “Com o hidrogênio, acreditamos que há um lugar-chave [para ele em nossa linha]. Estamos desenvolvendo e investindo nisso, e estamos obtendo ótimo suporte para fazer isso”, disse Nick Rogers, Engenheiro-Chefe de Produto da JLR. Em três anos, o hidrogênio deve se tornar bem mais rentável economicamente, assim, não tem como decretar que essa tecnóloga está descartada. 



Fonte: Autocar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado