Mercedes-Benz lança a nova geração do SL, que chega em duas versões com até 585cv


A Mercedes-Benz apresentou a nova geração do seu clássico SL, que troca de geração e passa a contar com a nova identidade visual da marca. Funcionando como um Cabriolet 2+2, a nova geração e recebe linhas mais arredondadas que o SL anterior. A principal característica dessa geração será o retorno da capota de lona, depois de mais de 20 anos com capota rígida, que aumenta o peso e diminui o espaço interno. Só com essa nova geração, a Mercedes-Benz confirmou que o carro conseguiu se tornar 270kg mais leve e 18% mais rígido que o antecessor, usando também componentes em alumínio. Outra característica é que ele recebe um centro de gravidade mais baixo. Visualmente, o novo SL muda da água para o vinho nesta geração. Em sua sétima geração, o SL 2022 se inspira no AMG GT. Há semelhanças na grande dianteira Panamericana, com barras verticais e os faróis são bem parecidos com o que vemos em Classe A e CLS, com estilo mais triangular. O para-choque dianteiro deve trazer uma nova entrada de ar nas extremidades e uma entrada de ar central, menor. Visto de lateral, ele deve contar com maçanetas escamoteáveis e teto de lona. A Mercedes-Benz disse que a capota, que ficou 27kg mais leve, pode ser acionada em velocidades de até 60km/h e com abertura ou fechamento em 15 segundos. Visualmente, as laterais ainda ficam bem mais arredondadas, principalmente pelo desenho da traseira. Já as rodas são de 21 polegadas. Visto de traseira, ele deve contar com lanternas triangulares e com estilo mais horizontal. Há quatro saídas de escape no para-choque traseiro, duas de cada lado. Ainda no para-choque traseiro tem saídas de ar nas extremidades, verticalmente inclinadas. O brake-light fica na tampa do porta-malas. Outra novidade é um spoiler na parte inferior do carro. Oculto, ele auxilia em velocidades acima de 80km/h, baixando em 4cm para criar um efeito de carga descendente. Além deste, existe um aerofólio traseiro móvel e uma grade com lâminas que se abrem ou fecham, em função das necessidades de refrigeração. 



No interior, a nova geração tem painel bem mais parecido com os últimos lançamentos da Mercedes. Ele se destaca por uma central multimídia com estilo tablet, que á parecido com o que vemos no novo Classe S. A tela ainda pode contar com alguns níveis de inclinação e pode contar com brilho extra em momentos de quando a capota estiver aberta e que permita ver os comandos da tela. O quadro de instrumentos deve contar com uma tela de 12,3 polegadas. Ele ainda possui um painel com detalhes em metal projetados para imitar as saídas de ar, que ficam entre o apoio de braço e a central multimídia. A nova geração do SL ainda deve trazer a central multimídia com tecnologia MBUX. Ele ainda traz um novo volante da marca, com três raios duplos, que vimos no novo CLS. Ele ainda deve se destacar por contar com revestido de couro elaboradas com costuras contrastes, materiais metálicos e numerosos pontos de luz ambiental em LED. Os bancos traseiros são mais amplos para poder acomodar ocasionalmente pessoas adultas. Na mecânica, o novo SL usa o motor 4.0 V8 biturbo a gasolina que desenvolve 476cv e 71,4kgfm na versão AMG 55 4MATIC ou 585cv e 81,6kgfm na versão AMG 63 4MATIC. Em ambos os casos, o câmbio é o automático de 9 marchas 9G SPEEDSHIFT MCT e a tração é total, sendo a 4MATIC. De acordo com a Mercedes, o SL 55 AMG acelera de 0 a 100km/h em 3,9 segundos e chega aos 295km e o 63 AMG cumpre as mesmas provas em 3,6 segundos e 315km/h. A Mercedes ainda trabalha numa versão 73e AMG, que usará o mesmo conjunto do AMG GT4. Entre as novas tecnologias, a Mercedes-Benz equipou o carro com a suspensão adaptativa AMG Active Ride Control, discos de freio carbonocerâmicos e um eixo traseiro direcional. Em curvas de até 100km/h, o carro consegue virar as rodas traseiras sem sentido contrário às rodas da traseira e acima dessa velocidade as rodas giram no mesmo sentido das rodas dianteiras. Outra novidade fica por conta dos novos modos de condução: Slippery, Comfort, Sport, Sport+, Individual e Race, que modificam as respostas do: motor, direção, regulagem da suspensão, calibragem do controle de estabilidade e a rapidez da transmissão. 








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR