Hyundai confirma encerramento da divisão de desenvolvimento de motores a combustão


A Hyundai confirmou que desistiu de desenvolver novos motores a combustão e decidiu encerrar a operação do desenvolvimento de motores a gasolina e diesel. A informação foi confirmada por meio do site The Korea Economic Daily, em entrevista com o Chefe de Pesquisa & Desenvolvimento da Hyundai, Park Chung-kook, que confirmou a informação por meio de um e-mail que foi enviado para os funcionários da Hyundai, dizendo que está encerrando o desenvolvimento de novas famílias de motores. "Agora, é inevitável converter-se em eletrificação. Nosso próprio desenvolvimento de motores é uma grande conquista, mas devemos mudar o sistema para criar inovação futura com base no grande ativo do passado.", disse Chung-kook em e-mail. Com sede em Namyang, ao sul de Seul, na Coreia do Sul, o berço do nascimento de novos motores (Namyang Reserarch Institute) será substituído pelo desenvolvimento de modelos elétricos. Atuante desde 1983 e inaugurado por Chung Ju-yung, fundador da Hyundai Group, que determinou que a marca sul-coreana já tinha plenas capacidades de criar seus próprios carros. A sede conta com cerca de 12.000 funcionários que serão transferidos para outras áreas de desenvolvimento da Hyundai, especialmente para a criação de motores elétricos. "Pesquisadores da unidade de design do motor mudaram-se para o centro de projeto de eletrificação, deixando apenas alguns para modificar os motores existentes. O centro de desenvolvimento do sistema powertrain está se transformando em um centro de testes de eletrificação, enquanto o centro de desenvolvimento de desempenho do powertrain está se tornando um centro de desenvolvimento de desempenho de eletrificação.", concluiu. A informação surgiu pouco tempo depois da Hyundai confirmou que ela e suas marcas vão focar ainda mais na eletrificação, apostando em novos modelos e duplicando as vendas previstas para 2026, que chegará a 1,7 milhão de unidades. "Muitas das novas nomeações representam a próxima geração de líderes e foram reconhecidas por suas realizações e papel no sucesso contínuo do Grupo", disse um porta-voz da Hyundai sobre as mudanças do grupo. 



Fonte: The Korea Economic Daily

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?