DS apresenta oficialmente o novo DS 7, que faz sua estreia na Europa com até 360cv


A DS confirmou o lançamento do novo DS 7 Crossback (que perde o 'Crossback'), que ganhou as primeiras mudanças visuais desde seu lançamento. Em termos de novidades, o novo DS 7 se destaca por trazer atualizações no design externo, equipamentos e a mecânica passa a vir com mudanças também, nos conjuntos híbridos. Visualmente, o novo DS 7 se destaca por trazer um novos faróis dianteiros, que ficam mais finos e trazem novidades em termos de iluminação, que passa a ser em DS Pixel LED Vision 3.0. Os faróis trazem três módulos com função Pixel que oferece o benefício de uma iluminação ideal. O fluxo de luz é mais poderoso, mais regular com um alcance aumentado até 380 metros (feixe principal). A menos de 50km/h, a largura do feixe é agora de 65 metros. Na borda interna: dois módulos de farol baixo/luz lateral acendem juntos. A borda externa do módulo de feixe principal Pixel possui 84 ​​LEDs em três linhas. A iluminação nos cantos é controlada pela intensidade dos LEDs exteriores do módulo Pixel, dependendo do ângulo da direção. Abaixo dos faróis, nos extremos do para-choque dianteiro há cinco faixas verticais em LED, que funcionam como luzes diurnas DRL. Estes são chamados de DS LIGHT VEIL. A grade dianteira fica maior e passa a contar com elementos multipontos, com o logotipo da DS ao centro. O para-choque dianteiro também é novo e recebe uma nova entrada de ar inferior, com uma entrada de ar trapezoidal. Entre a grade dianteira e a entrada de ar inferior há um friso que divide as duas entradas de ar. Ele ainda mantém um friso que conecta os faróis dianteiros com a grade dianteira. Elementos como frisos dos faróis, grade dianteira e o friso que divide a grade e a entrada de ar inferior podem ser em preto brilhante. Nas laterais, as novidades ficam por conta de novas rodas de liga leve, que variam de 19 a 21 polegadas. De traseira, as novidades ficam por conta de uma nova tampa do porta-malas, que ganha um friso na parte superior do local que abriga a placa traseira, além de lanternas redesenhadas, que ficam maiores e se conectam por meio de um acabamento em preto brilhante, que traz o nome DS Automobiles ao centro. 



A iluminação das lanternas mantém um padrão em vórtice também foram redesenhadas com um acabamento metálico escuro. O para-choque traseiro ainda recebe novidades, com uma faixa que abriga refletores, luzes de pisca e luzes de ré, enquanto a parte inferior do para-choque é novo, com saídas de escape verticalmente inclinada e um novo difusor de ar. No interior, as novidades ficam por conta de um novo estofamento dos bancos, com duas cores de couro Nappa: Basalt Black e Pearl Grey. Em extensões mais amplas, a parte de couro da mais alta qualidade adiciona um toque natural e refinado ao interior. Ele ainda traz estofamento com efeito drapeado no acabamento em couro Nappa agora está no painel e nos painéis das portas. O interior ainda recebe pequenas novidades como a central multimídia com tela de 12 polegadas. Há também um novo painel de instrumentos digital grande de 12 polegadas com telas que podem ser alteradas e recursos personalizados gráficos atualizados com todas as informações vitais, como fluxo de energia nas versões híbridas plug-in. Falando em mecânica, o DS 7 passa a ser vendido com o motor E-Tense 225, que une o motor 1.6 Puretech THP a gasolina que desenvolve 180cv junto de um motor elétrico, com bateria de 12,4kWh, faz com que ele desenvolva 228cv de potência, de tração dianteira. Ele ainda possui uma autonomia de 80km no modo elétrico. A DS ainda deve apresentar outras três motorizações. Há ainda o E-Tense 300, que une o motor 1.6 Puretech THP de 200cv junto com um motor elétrico de 110cv e outro de 112cv, um em cada eixo, com mesmo câmbio e tração nas quatro rodas. Juntos, eles desenvolvem 300cv e 54kgfm. Esse conjunto pode conduzir em modo 100% elétrico até 135km/h, com uma bateria de 13,2kWh. A autonomia apenas elétrica está homologada até 81km (WLTP, ciclo urbano) e 63km (WLTP, ciclo combinado). O DS 7 E-Tense 300 ainda acelera de 0 a 100km/h são percorridos em 5,9 segundos e o start-stop de 1.000 metros é realizado em 25,9 segundos. Por fim, existe o E-Tense 360 4x4, formado por dois motores elétricos junto ao motor a combustão. 


As baterias, de íons de lítio, de 14,2kWh trabalham em conjunto dos motores elétricos que produzem 110cv e integrado à transmissão no eixo dianteiro e outro de 113cv no eixo traseiro. O motor é o 1.6 PureTech THP de 200cv de potência. Combinados, eles desenvolvem 360cv e 53kgfm de torque, junto com a tração 4x4. O câmbio é o mesmo, automático de 8 marchas. De acordo com a marca, ele tem autonomia elétrica que varia de 65km a 81km. Ele ainda será vendido com motor 1.5 BlueHDi (diesel) de 130cv e 30,6kgfm, sempre com câmbio automático de 8 marchas e sistema de tração dianteira. Ele ainda será vendido, fora da Europa, com motores apenas a gasolina, como o 1.2 PureTech THP que desenvolve 130cv e 23,4kgfm, o 1.6 PureTech THP de 215cv ou 225cv. De série, as novidades ficam por conta de câmeras frontal e traseira sejam exibidas, com câmeras digitais de alta resolução, e acesso à função Mirror Screen via Wi-Fi. Em termos de tecnologia, tem o DS Active Scan Suspension é um sistema de amortecimento controlado por câmera que é completamente único em sua classe. Ajusta cada roda independentemente de acordo com as imperfeições da faixa de rodagem, enquanto o DS Night Vision tem uma câmera infravermelha varre a pista e suas bordas para detectar ciclistas, pedestres e animais a distâncias de até 100 metros. O motorista recebe as informações no novo display digital de instrumentos de alta resolução, reforçado por um alerta especial em caso de perigo. Ele também ganha o DS Driver Attencion Monitoring analisa o nível de atenção do motorista com duas câmeras. A primeira verifica o comportamento do carro em seu entorno e a segunda, posicionada de frente para o motorista, diagnostica para onde está olhando, seu movimento de face e pálpebras que traduz o nível de sonolência e atenção, inédito no segmento. O novo DS 7 está equipado com DS Drive Assist traz Cruise Control adaptativo que pode iniciar a frenagem e aceleração sem intervenção do condutor e uma ajuda que permite ao condutor manter o automóvel onde está ou onde o posiciona na via. O novo DS 7 é construído em Mulhouse (França) para todos os mercados globais e em Shenzen, na China, para o mercado chinês.








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet terá Feirão de Fábrica neste final de semana em São Caetano do Sul e promoções

BMW lança novo Série 5 no Brasil, com versão híbrida 530e, que estreia por R$ 574.950

Porsche apresenta seu novo logotipo para comemorar os 75 anos de fundação da marca

Toyota investe mais R$ 160 milhões na fábrica de Sorocaba (SP) com novo Centro de Peças

Hongqi revela oficialmente a segunda geração do HS3 na China, com motor de até 252cv

BYD King é o batismo global do Destroyer 05 e chega para colocar Toyota Corolla na mira

BYD tem promoção 'DiaE' neste sábado, 22/06, com Dolphin por R$ 135.300, com bônus

GM confirma que carros compactos elétricos e lucrativos vão demorar um pouco mais

Toyota apresenta atualização para o catálogo de versões da Hilux, com fim da versão SRX