Borgwarner confirma produção de baterias no Brasil; produção será em Piracicaba (SP)

BorgWarner anuncia a produção de baterias no Brasil, em fábrica que será erguida na cidade de Piracicaba (SP) e começa a atuar ainda em 2023 



A BorgWarner confirmou o investimento de uma fábrica no Brasil, para a produção de baterias para carros elétricos. A empresa confirmou que recentemente comprou a AKASOL e a partir dela que a BorgWarner vai começar seu plano de expansão de eletrificação com veículos industriais e comerciais. Por aqui, a empresa deve ser a primeira fornecedora de baterias a desembarcar no Brasil.

“Estamos entusiasmados com a demanda e o potencial de mercado para esses produtos e a oportunidade de oferecer aos nossos clientes um portfólio flexível e de alta qualidade de soluções eletrificadas. Esta instalação produzirá componentes inovadores, globais e de ponta para veículos elétricos.”, disse Henk Vanthournout, Vice-Presidente e Gerente Geral de Sistemas Globais de Baterias.

A fábrica de baterias da BorWarner foi anunciada para ser em Piracicaba (SP), fazendo com que a empresa produza sistemas de baterias para clientes localmente e será lançada em fases para atender a todos os requisitos de qualidade e segurança. A instalação e a engenharia local darão suporte aos nossos clientes com reparos, manutenção e serviços altamente qualificados.

A BorgWarner produzirá o sistema de baterias de ultra-alta energia (UHE) AKASystem AKM CYC. As baterias são projetadas modularmente e escaláveis, oferecendo a oportunidade de se ajustar de forma ideal às necessidades de armazenamento de energia de qualquer aplicação de veículo. O início das operações e montagem dos sistemas de baterias está previsto para o primeiro trimestre de 2023.

Para Marcelo Rezende, Diretor para Sistemas de Bateria no Brasil e América do Sul, o investimento no Brasil faz parte de um plano da empresa, chamado de Charging Forward. O executivo ainda confirmou que a empresa pode expandir a produção de baterias no Brasil com a produção de packs, que também poderão ser fabricados localmente. A BorgWarner confirmou que vai produzir baterias que são modulares, escaláveis, flexíveis e adaptáveis a qualquer veículo.

Estima-se que a empresa produza cerca de 4.000 pacotes de baterias ao ano, sendo baterias de 98kWh que podem equipar até 1.000 veículos, desde caminhões, ônibus e automóveis. De acordo com a demanda, a produção deve ser aumentada.



Fotos: BorgWarner / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290