Ford Edge de terceira geração é registrado em patente na China com versão híbrida

Ford registrou novas imagens de patente da terceira geração do Edge no Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, na China, com versão híbrida



A Ford registrou novas imagens de patente da terceira geração do Edge na China. Desta vez, as imagens do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação mostram que a Ford prepara a chegada da versão híbrida do novo SUV. Essa novidade será apresentada com as demais versões civis do Edge, que até o momento está confirmado para ser lançado apenas na China, mas com potencial de ser oferecido em outros mercados.

A única diferença que vemos do Edge Hybrid para as demais versões a combustão é que o SUV traz o logotipo Hybrid no lado esquerdo da tampa do porta-malas. De acordo com informações do registro, o Hybrid vai trazer um motor 2.0 EcoBoost junto de um motor elétrico. Juntos, os motores vão desenvolver 275cv de potência, formando um híbrido (HEV), que não precisa recarregar a bateria. Com esse motor, a patente ainda confirma que ele terá velocidade máxima de 193km/h.

O SUV de grande porte deve ficar ainda maior, pelo o que mostram as imagens, com direito a levar sete ocupantes, além, claro, de manter a sua versão de cinco lugares. Se ele seguir a tradição que o Edge tinha, será construído sobre a mesma plataforma modular, que, nesse caso, é a C2. De acordo com os registros de patente, o utilitário esportivo tem 5,000 metros de comprimento, 2,950 metros entre os eixos, 1,961 metro de largura e 1,773 metro de altura.



O peso varia de 1.945kg na configuração de cinco lugares, 1.990kg na versão de sete lugares e 2.084kg na versão de sete lugares topo de linha. O híbrido apareceu com peso de 2.750kg na patente, mas a conferir. Pelas imagens de patente, o SUV vai beber na fonte de inspiração do próprio Mondeo. Na dianteira, se destaca os faróis afilados e conectados por uma barra cromado que tem uma faixa iluminada, com a grade dianteira hexagonal com elementos cromados retangulares e horizontais cromados.

Os faróis principais tem um desenho conectado com o desenho dos faróis superiores, num estilo vertical, com dois projetores. O para-choque dianteira ainda traz uma entrada de ar inferior que é conectada com um acabamento em preto brilhante nas extremidades, com um desenho bumerangue. O capô traz alguns vincos, mas tem linhas suaves. Nas laterais, o Edge mostra uma dianteira mais alta e traz um desenho mais voltado para atender as famílias.

Os retrovisores passam a ter base nas portas, enquanto a parte inferior das portas traz um acabamento em preto brilhante que chega até o para-choque traseiro. As rodas variam de 19 a 20 polegadas, com um teto com antena que imita barbatana de tubarão. A lateral ainda possui pouco vincos. O desenho das janelas traz um pequeno degrau na coluna C, graças ao desenho mais baixo dos vidros na porta traseira.



As caixas de rodas ainda tem um desenho reforçado por um vinco e que tem um acabamento em plástico preto brilhante bem fino, o que aumenta a sensação de altura. A vigia lateral ainda é grande e a parte superior dos vidros tem um friso cromado na parte superior. De traseira, o novo Edge lanternas com um estilo bumerangue nas extremidades e que invadem a tampa do porta-malas e se conecta por meio de um acabamento em preto brilhante que traz o nome ‘Edge’ escrito por extenso.

Acima, está o logotipo da Ford. Abaixo da barra está o espaço para a placa. Já o vidro traseiro e a coluna D parecem ser uma peça só e o aerofólio traz brakelight. Por fim, o para-choque traseiro traz refletores horizontais e uma parte inferior em preto com um acabamento em ‘L’ nas extremidades. Ele ainda será vendido com opção de motor puramente a gasolina, com o 2.0 EcoBoost que desenvolve 253cv, mas sem dados sobre o câmbio, mas que certamente será um automático.

O motor é o mesmo da Maverick. Na picape, ele desenvolve 253cv e 38,3kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas, com tração integral e suspensão traseira multilink. A tração AWD distribui automaticamente o torque entre os eixos de acordo com a necessidade e contribui para o excepcional comportamento dinâmico do veículo. Há ainda os cinco modos de condução: Normal, Lama/Terra, Areia, Escorregadio e Rebocar/Transporte.





Fotos: Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação / reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI