Rolls-Royce Spectre ganhará versão conversível, para matar o Dawn, em um futuro breve

Rolls-Royce prepara a chegada de um Spectre Convertible, que será o substituto do Dawn, que já saiu de linha; será o primeiro conversível BEV da marca



A Rolls-Royce prepara o lançamento de um conversível. Trata-se do primeiro conversível elétrico da marca, com a versão sem teto do Spectre. O modelo será o substituto do Dawn, que já saiu de linha assim como o Wraith, de quem derivava. O CEO da Rolls, Torsten Müller-Ötvös, já tinha deixado claro na apresentação do Spectre que ele não é um substituto do Wraith, enquanto o Spectre Convertible não deve ser o substituto direto do Dawn, mas ambos ocupam a mesma vaga.

Até meados de 2030, a marca inglesa já confirmou que será totalmente elétrica, então é questão de tempo para que a marca tenha um conversível elétrico, como antecipou a projeção do Top Electric SUV. E, para reduzir o peso, o modelo virá com um teto de lona. Fora o teto, o futuro conversível deve ser o mesmo Spectre que conhecemos nos últimos dias (veja aqui). Com isso, ele manterá os 5,453 metros de comprimento, 3,210 metros entre os eixos, 2,080 metros de largura e 1,559 metro de altura.

O peso deve ser influenciado pelos reforços estruturais que um conversível exige. Mecanicamente, o Spectre é equipado com um motor elétrico de 585cv de potência e com torque de 91,8kgfm, acoplado a uma bateria que oferece uma autonomia de 520km (a bateria, não mencionada, pode ser a de 108kWh), no ciclo WLTP. Com esse motor elétrico, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,5 segundos e máxima de 250km/h.

Ainda em termos mecânicos, o Spectre tem suspensão Planar, com sistemas com respostas definidas com precisão às entradas do motorista e às condições da estrada, possibilitadas pelos mais recentes desenvolvimentos de software e hardware, oferecendo o 'passeio no tapete mágico'. Ele traz um conjunto de novos componentes de hardware e aproveitando os recursos de processamento de alta velocidade do Spectre, o sistema Planar pode desacoplar as barras estabilizadoras do carro, permitindo que cada roda aja de forma independente, evitando o movimento de balanço que ocorre quando um lado de um veículo atinge uma ondulação em a estrada.

Enquanto isso, a Rolls já oferece o Spectre, como um cupê, em regime de pré-venda. Ele será vendido até iniciar suas entregas, ou seja, as primeiras entregas começando a partir do quarto trimestre deste ano. Ele será produzido na unidade de West Sussex, Inglaterra. A marca ainda define que os preços serão posicionados entre Cullinan e Phantom.



Projeção: Top Electric SUV / reprodução

Foto: Rolls-Royce / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

BYD lança no Brasil promoção para interessados em seus carros durante este mês de junho

Jeep Avenger pode ser produzido em Betim (MG) e participa de clínicas com potenciais clientes

RAM Rampage Laramie ganha versão Night Edition, a 'all-black', no Brasil por R$ 277.990

Toyota confirma produção do primeiro elétrico nos EUA em 2025, no estado de Kentucky

Fang Cheng Bao revela as primeiras imagens teaser do Leopard 3, que estreia em breve

Hyundai apresenta oficialmente o Ioniq 5 N, a versão esportiva com motor de 609cv

Nova geração do Peugeot 2008 e reestilização do 208 vão trazer motor T200 MHEV

Hyundai apresenta a linha 2025 de HB20, HB20S, Creta Action e Creta no Brasil com novidades

Isuzu apresenta a primeira imagem teaser da reestilização do MU-X, que aparece na Tailândia