Tata quer que governo britânico ajuda a financiar uma fábrica de baterias para a JLR

Tata Group quer que o governo do Reino Unido financie uma fábrica de US$ 600 milhões para a Jaguar-Land Rover para a produção de baterias para os elétricos



A Tata Group confirmou que espera que o Reino Unido invista 500 milhões de libras em uma fábrica de baterias para carros elétricos do grupo Jaguar-Land Rover (JLR). Essa fábrica deve ser erguida na Espanha e pode ser erguida em parceria com a Envision, que é uma das maiores fornecedoras de baterias do mundo. Além disso, os indianos da Tata esperam que o governo do Reino Unido possa contribuir com investimentos para a fábrica.

Para essa fábrica, os 500 milhões de libras ajudaria as marcas a erguer essa fábrica, incluindo subvenções e pacotes de apoio, assistência para custos de energia e financiamento de investigação. "Nós... estamos se envolvendo com eles – se as negociações vão a algum lugar ou não, depende se um valor final pode ser acordado”, disse um funcionário do governo do Reino Unido para o The Telegraph. Recentemente, o governo britânico confirmou interesse em um pacote de financiamento maior para a JLR a fim de ajudar as empresas na transição para os elétricos.

Caso o governo britânico concorde com as exigências da Tata, o financiamento deve acontecer. O The Guardian confirmou que o governo tem um fundo chamado de Automotive Transformation, que existe justamente para ajudar as marcas britânicas nessa transição. Atualmente o fundo possui 1 bilhão de libras esterlinas e só a JLR poderia abocanhar boa parte desse valor, visto que a MINI já tem planos na China e marcas menores ainda não definiram seus planos. Apesar disso, o governo não pagaria toda a fábrica. Rumores apontam que seria destinado 300 milhões de libras, o que deixaria os 200 milhões restantes para a JLR e a Envision.

Recentemente, a JLR confirmou busca de 800 novos funcionárias para trabalhar nas empresas britânicas. As contratações envolvem funcionários que saibam operar departamentos como direção autônoma, eletrificação, aprendizado de máquina e ciência de dados. A Jaguar já trabalha na unidade de Halewood, na Inglaterra, onde a marca inglesa deu os primeiros passos para transformar a fábrica apta a produzir apenas carros elétricos. Vale destacar que, a Jaguar se tornará 100% elétrica em alguns anos, mudando praticamente toda a sua linha atual.



Fotos: Jaguar / divulgação | Land Rover / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho