Citroën apresenta o Autonomous Mobility Vision Concept no Salão de Xangai, na China

Citroën apresenta os Autonomous Mobility Vision Concept, com uma plataforma skate e com condução autônoma, em três pods: Immersive Air, Cosy Capsule e Wander Coffe



A Citroën apresentou um conceito bastante distinto do que já apresentou nos últimos anos. A marca francesa confirmou a estreia do Autonomous Mobility Vision Concept, apresentado no Salão do Automóvel de Xangai, na China. Ele não chega a ser um veículo, ao mesmo tempo que pode se transformar em um. Confuso, sim, também achamos, mas vamos explicar. O principal destaque desse conceito é que ele é uma plataforma modular tipo skate que possui condução autônoma e motor integrados na plataforma e que pode vir com três pods diferentes.

Você nos pergunta, o que seria pods? Seria de uma maneira simples de dizer que se trata de carrocerias diferentes para um veículo autônomo. A Citroën apresentou três pods diferentes: Immersive Air, Cosy Capsule e Wander Coffe. Cada um deles pode se mover com pessoas dentro e, como é um autônomo, se torna em pequenos ambientes temáticos ambulantes. A ideia da Citroën é oferecer experiência aos usuários. Cada um possui uma função específica, que será detalhada ao longo do texto.

Antes disso, é preciso falar sobre a plataforma skate. Chamado de Citroën Skate, ele é uma solução de mobilidade urbana e de versatilidade, podendo percorrer em faixas exclusivas e protegidas para garantir maior mobilidade fluída e otimizada. Autônomo, elétrico e carregável por indução, o skate pode funcionar continuamente por 24 horas e ser carregado a qualquer momento, em base de carregamento dedicadas. Como é versátil, a plataforma permite que Pods possam ser acoplados conforme a necessidade. De acordo com a marca, cada Pod pode ser anexado em menos de 10 segundos.

A marca ainda criou a plataforma como maneira de transporte e logística que dispensaram equipamentos redundantes e caros, tornando o desenvolvimento mais rentável e garantindo que ele tivesse condução autônoma. O skate ainda tem espaço suficiente para incorporar tecnologia necessária para viagens autônomas e elétricas, ou seja, bateria, motor elétrico, sensores e outros equipamentos que vão auxiliar a condução. A marca também destaca que o produto pode rodar por vias com velocidade de até 25km/h, com uma velocidade que pode ser configurada de acordo com a forma que os Pods são utilizados para atender a demanda.



A plataforma possui 2,600 metros de comprimento, 1,600 metro de largura e 51 centímetros de altura, tendo rodas substituídas por bolas em um cubo metálico que é aberto nas extremidades laterais e superiores. A Citroën fala que todas as rodas são omnidirecionais Eagle 360, criadas pela Goodyear. Cada roda possui pequenos motores elétricos, eles dão ao robô total liberdade de movimento de 360° para que ele possa se deslocar em qualquer direção, como um mouse de computador, girar no local e avançar lentamente pelos menores espaços, sem se preocupar com uma direção específica de viagem.

Há ainda chevrons da Citroën que indicam de quem é a criação, nas laterais da plataforma skate, tendo um acabamento da plataforma que mescla entre materiais de tons escuros combinando com aparência preta fosca e alumínio. Atrás dos logotipos da marca, estão os sistemas embarcados que permitem a condução autônoma, como câmeras, radares e sensores. Com a dianteira e traseira praticamente iguais, o modelo possui logotipos iluminados, brancos na dianteira e vermelho na traseira, sendo esse o único elemento que diferencia se ele está indo ou vindo. Com isso, a gente passa a focar nos Pods.

A oferta dos pods baseia-se em princípio de código aberto, com cada terceiro podendo projetar pods diferentes a partir das especificações técnicas confirmadas pela Citroën. Com isso, a marca francesa permite que comunidades, autoridades públicas e empresas possam criar a sua versão desses pods, seja para transporte de pessoas como para transporte como prestador de serviços. Para um primeiro momento, três pods foram criados: Cosy Capsule, Immersive Air e Wander Café. O primeiro deles, o Cosy Capsule, permite que dois passageiros possam relaxar, com um design inspirado em frascos de perfume franceses.



Ele apresenta uma concha externa de cristal apoiada em uma base estável, forma superior coberta com iluminação ambiente suave do nascer do sol, enquanto grãos cinzelados circundam o corpo abaixo da linha de visão. Internamente, o consumidor pode ter um design de bancos em couro de casca de ovo de cor laranja suave. O Immersive Air é uma cápsula que permite que vários passageiros possam usá-la, como se fosse um transporte coletivo. Com desenho oval, ele tem um acabamento em tom esmalte escuro contrastante e realçado com um padrão paramétrico metálico cintilante, este casulo brilha com um apelo de alta tecnologia.

Ele conta com uma porta de vidro deslizante dupla, uma de cada lado, que é escurecida e uma janela panorâmica unidirecionais, tendo uma ótima visibilidade interna. Os passageiros poderiam desfrutar juntos ouvindo música, cantando músicas, jogando videogame ou assistindo filmes. Ele ainda possui uma tela 4K, iluminação ambiente fluida e microfone solo no teto estão prontos para uma apresentação solo instantânea. Há poltronas estilo longe e de ergonomia bem projetada. Por fim, o Wander Coffe, como o próprio nome diz, parece recriar uma pequena cafeteria ao ar livre.

Com espaço para dois ocupantes, ela oferece uma experiência dedicada de degustação de pratos finos e bebidas enquanto navega pelo destino traçado. Como é aberto, ele permite que os dois ocupantes possam passear com uma visão aberta de 360º. Cada uma das cápsulas possuem um encosto do assento se estende para formar os pés da cápsula, enquanto a almofada se curva para baixo e se conecta ao chão. O modelo ainda possui um teto flutuante com estrutura gráfica arquitetônica moderna. 





Fotos: Citroën / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv