Hyundai inicia as vendas do Kona no Brasil com preços reduzidos; Ioniq também inicia vendas

Hyundai inicia as vendas de Kona e Ioniq no Brasil com redução nos preços de até R$ 70.000 "face ao cenário econômico e à valorização do Real perante o Dólar"



A Hyundai iniciou as vendas da dupla Kona e Ioniq no mercado brasileiro. Os modelos começam a ser vendidos em nosso mercado, depois de um longo regime de pré-venda. O SUV compacto ainda ganhou novidades em relação à sua tabela de preços, que foram cortados em até R$ 70.000. Vendido em duas versões, Hybrid (HEV) e Electric (BEV), o SUV compacto ficou mais em conta depois de ser lançado com preços de R$ 209.990 e R$ 289.990.

Agora, os modelos serão vendidos com preços de R$ 169.990 e R$ 219.990, ou seja, um corte de preços de R$ 40.000 e R$ 70.000, respectivamente. De acordo com a marca, essa redução de preços se dá "face ao cenário econômico e à valorização do Real perante o Dólar", de acordo com a CAOA, responsável pela importação dos modelos. Com as reduções de preços, o grupo fez o Kona se torna o híbrido (HEV) mais em conta em nosso mercado, ficando mais barato que a dupla Toyota Corolla e Corolla Cross.

No caso do elétrico, o Kona também se tornou o SUV elétrico mais em conta do nosso mercado, por R$ 220 mil é possível comprar até alguns hatchs compactos. No caso do Ioniq, a CAOA iniciou suas vendas com o mesmo preço da pré-venda, de R$ 199.990. No caso do modelo, a Hyundai mira no Toyota Corolla Altis Premium Hybrid, que custa um pouco menos. A diferença é a mecânica, que é mais potente no caso do Ioniq. Tanto ele como o Kona HEV são vendidos com motor 1.6 16v a gasolina que desenvolve 105cv de potência e 15,0kgfm, acoplado a um elétrico que desenvolve 44cv e 17,3kgfm.

Juntos, ambos entregam 141cv de potência e torque de 27,0kgfm. A bateria de íon-lítio possui 1,56kWh e a potência é enviada para as rodas dianteiras pela caixa de dupla embreagem DCT e 6 velocidades. No caso do Kona EV, o modelo traz um motor elétrico entrega 136cv de potência com torque de 40,2kgfm e acelera de 0 a 100km/h em 9,9 segundos e velocidade máxima de 155km/h. Ele vem com uma bateria de 39,2kWh oferece uma autonomia de 305km (252km, segundo o InMetro). Para recarga da bateria, ele traz um carregador trifásico de 10,5kW que recarrega o modelo em 4h20 na bateria de 39,2kWh.

O Kona possui 4,205 metros de comprimento, 2,600 metros entre os eixos, 1,800 metro de largura e 1,565 metro de altura. O porta-malas é de 374 litros no HEV e de 332 litros de capacidade no EV. No caso do Ioniq, o hatch tem 4,470 metros de comprimento, 2,700 metros entre os eixos, 1,820 metro de largura e 1,465 metro de altura. O Ioniq possui 443 litros de porta-malas, 45 litros de tanque de combustível e 1.422kg de peso.



Fotos: Hyundai / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Iveco já trabalha na homologação do eDaily, que chega ainda neste semestre no Brasil

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Mercedes-Benz atualiza itens de série do Classe E no Brasil e fica R$ 61 mil mais barato

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

Zeekr revela as primeiras imagens teaser do 'C1XE', que estreia em breve na China