RAM e Dodge apresentaram para lojistas nos EUA conceitos de picape e novo Durango

Stellantis apresenta para concessionários, em evento interno, uma picape média da RAM e uma nova geração do Dodge Durango, que estão em desenvolvimento



A Stellantis trabalha em dois novos projetos nos Estados Unidos, com modelos das marcas RAM e Dodge, que serão apresentados dentro de alguns anos. Os novos modelos foram apresentados a um grupo de concessionários. Os rumores dão conta de que a RAM segue trabalhando em uma picape verdadeiramente média (que no lineup global da marca, ficaria entre a nossa Rampage e a 1500), chamada de Dakota e que resgata o nome do produto que saiu de cena em 2011.

A picape pode nascer puramente elétrica e desenvolvida já sobre a plataforma modular STLA, assim como a Dodge está por apresentar um Durando Concept, que antecipa a nova geração do modelo – que ainda pode ser um substituto. Em conferência de revendedores em Las Vegas, nos Estados Unidos, sabe-se que um membro deste evento, Randy Dye, confirmou que a picape da RAM vai antecipar tudo que veremos da marca nos próximos anos. O conceito do novo modelo, visto por Dye, que já foi Presidente do Conselho de Revendedores da Stellantis na América do Norte, diz ser ‘espetacular’.

Dye ainda confirmou que a picape tem uma ligação com a Revolution Concept, apresentada no início deste ano. “Sem dúvida, parece um RAM. Olho para algumas das outras ofertas de médio porte no mercado e não vou escolher marcas individuais, mas não acho que elas sempre favoreçam a marca-mãe. Os de médio porte parecem ter fugido e não parecem mais os mesmos. Este é realmente um ‘Carneiro’.”, disse Dye ao Automotive News. Outro conceito apresentado é o da nova geração do Durango, que vai substituir o modelo atual, de 2011.

A Dodge vai trazer uma transformação completa no seu lineup, que começou com a chegada do Hornet, primeiro carro híbrido da marca. Agora, muito provavelmente, um novo SUV maior deve aparecer como um modelo elétrico também, assim como já vai acontecer com os substitutos de Challenger e Charger. Dye confirmou que o SUV aparece com uma proposta “representativo de um mercado em mudança e mais alinhado com o que as pessoas procuram. Na verdade, não houve nenhuma tentativa de forçar [a eletrificação] goela abaixo de ninguém, em vez de fazer com que as pessoas entendessem”, disse Dye.

“Você absolutamente teria se afastado disso, se prestasse atenção e estivesse acordado, [com] uma mentalidade diferente sobre o que EV realmente significa. Acho que muitas pessoas têm medo de voltar aos anos 80, quando o negócio de carros de alto desempenho simplesmente não existia, e não é disso que se trata. Na verdade, em termos numéricos, eu diria que provavelmente muitas das plataformas EV têm melhor desempenho do que as plataformas a gás.”, adicionou o ex-representante dos concessionários.



Projeções: KDesign / reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quarta geração do Mitsubishi Outlander virá ao nosso mercado com motor híbrido plug-in

Volkswagen apresenta a ID. Buzz LWB, a versão alongada de sete lugares e de até 335cv

BYD lança promoção para Song Plus com bônus de até R$ 40 mil na rede de concessionárias

Dodge Last Call: marca apresenta as seis de sete séries finais de Challenger e Charger

Porsche comemora melhor trimestre de vendas, com 80.767 unidades vendidas e 18% de avanço

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

BYD apresenta o novo Song Plus na China e SUV chega também na Europa como Seal U

RAM apresenta promoções da Rampage para CNPJ e Produtor Rural com descontos de 6%