Seat confirma que não terá nenhum modelo BEV até 2026, em conferência anual da marca

Seat confirma que não vai ter nenhum modelo elétrico até meados de 2026, durante o ‘Change Need Drivers – Annual Press Conference 2023', dentro da Volkswagen AG



A Cupra confirmou durante o Change Need Drivers – Annual Press Conference 2023, sua conferência anual que ocorre junto com a Cupra, que não vai apresentar nenhum modelo elétrico antes de 2026. Um dos motivos citados até o momento é que a marca não poderia ser eletrificada no mesmo ritmo que a Cupra está sendo. A Cupra, por sinal, está vivendo um período muito frutífero, com a chegada de novos produtos e com um avanço nas vendas que foi de quase 93% em 2022.

A informação de que a marca não vai se eletrificar foi divulgada por meio de Wayne Griffiths, CEO da Seat e da Cupra. “Os novos carros elétricos em que estamos focados no momento são para Cupra. Não podemos eletrificar as duas marcas ao mesmo tempo. Seat é combustão. Cupra é BEV. Acho que a ideia [de que as duas marcas] se complementam, estando no mercado ao mesmo tempo, principalmente nesta fase de transição, faz muito sentido.”, destacou Griffiths em entrevista ao Autocar.

O mais curioso é que, a fala do executivo, parece dar ao entender que a Cupra tem uma série de projetos elétricos em desenvolvimento, mas na verdade existem apenas dois: um que nasce a partir do Tavascan Concept e o outro que nasce a partir do UrbalRebel Concept. Ainda sem um destino dentro do Volkswagen Group, a Seat terá uma luz dentro de alguns meses. “Estamos a trabalhar numa estratégia de micromobilidade para construir um veículo de quatro rodas [o Minimo] e nas decisões sobre a futura eletrificação da marca Seat [em termos de carros] será tomada posteriormente.”, adiciona.



A Seat ainda ficou sem um destino dentro do grupo, ao ponto de que a marca foi sacrificada em 2022 com a crise dos semicondutores em favor de marcas irmãs como Skoda e Volkswagen. Ou seja, quando havia uma falta do componente, era a Seat que era a mais afetada. Claramente suas vendas iriam cair. Só no primeiro bimestre de 2023, as marcas da espanhola já aumentaram 12%, ajudando a operação Seat e Cupra ter um resultado positivo depois de alguns anos de prejuízos. Ano passado, o subgrupo atingiu 10,5 bilhões de euros em lucros.

Recentemente, a Seat confirmou que a linha atual continua entre 2028 a 2029. Atualmente, o máximo de eletrificação que a marca possui está com um trio de modelos híbridos plug-in (PHEV): Leon, Leon Sportstourer e Tarraco. Com a crise dos semicondutores, a VAG ainda ceifou as vendas da Seat ao dar preferência para Volkswagen e Seat terem seus modelos com produção sem problemas. Isso fez a marca espanhola ter uma queda de 45% nas vendas em alguns mercados europeus no período, ao mesmo que era forçada a sofrer com falta de semicondutores.

“Não estamos matando a Seat. Cupra é o futuro da Seat. Cupra é a reinvenção da Seat daqui para frente. Cupra se moverá muito mais rápido para a eletrificação. Ainda estamos trabalhando em um plano para a Seat. É bom até 2028 ou 2029. É uma marca de entrada para clientes jovens. Realmente joga para a Europa, particularmente Espanha, Reino Unido e Áustria.”, disse o CEO da VAG, Thomas Schäfer, no ano passado. 



Fotos: Seat / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado