Volkswagen anuncia que a parceria com a Ford "está se intensificando", durante evento

Ford e Volkswagen confirmam que a parceria deve aumentar com a chegada de novos produtos para os próximos anos, destaca executivo da VW



Desde que a Ford e a Volkswagen anunciaram que voltariam a ter uma parceria em nosso mercado, muita gente duvidou que daria certo. Isso por conta do histórico de parcerias entre as empresas, especialmente aqui na região da América do Sul com a Autolatina. Ambas acabaram se desentendendo depois que a Volkswagen não quis ceder o projeto do Gol de segunda geração para a Ford criar um compacto. A partir daí, o Fiesta chegou ao nosso mercado e tudo é história.

Mas uma parceria que ressurgiu como global, Ford e Volkswagen parecem estar mais maduras no desenvolvimento de novos produtos, tanto que as novas gerações de Amarok e Ranger já estão aí como prova. Além disso, Volkswagen ID.4 e Ford Explorer EV agora são primos e a parceria vai se intensificar. Ao menos, é o que destaca Oliver Blume, CEO da Volkswagen AG (VAG). Em entrevista ao Automotive News Europe, o executivo confirmou que a parceria com a Ford está "se intensificando".

Apesar da parceria estar relacionada com comerciais leves e elétricos, a Volkswagen acredita que ela pode se expandir para outros produtos. A Ford, no entanto, confirmou que quer diminuir a dependência da tecnologia da Volkswagen e já anunciou que não vai usar muito a plataforma modular MEB, tanto que está criando uma plataforma puramente elétrica para si. Além de Volkswagen Amarok e Ford Ranger, a parceria ainda levou em conta o lançamento de novas gerações de Caddy, pelo lado alemão, e Transit/Tourneo Connect, pelo lado norte-americano.

“Estamos apenas no início do nosso projeto de cooperação”, disse Blume ao apresentar os resultados de 2022 da VAG em conferência. A Ford e a Volkswagen ainda terão um novo comercial leve, sendo que a Ford já apresentou a nova geração da Transit/Tourneo Custom, que terá um equivalente da Volkswagen, possivelmente uma nova geração da Transporter. Em 2022, ambas as empresas fecharam um acordo em que a VW permitia acesso à plataforma MEB para a Ford. O acordo foi assinado como parte da aliança estratégia que Ford e Volkswagen assumiram, primeiro com os comerciais leves e depois com os modelos elétricos.

Em termos de tecnologia, ambas ainda vão desenvolver em conjunto a condução autônoma que vai estar em seus carros. O primeiro Ford a usar a plataforma MEB é o Explorer EV. Ele será produzido na unidade de Colônia, na Alemanha, a partir de 2023, quando será apresentado. Só com esse modelo, a estratégia era produzir 600.000 unidades. A chegada de um segundo modelo dobrou a quantidade de vendas. Em 2024 será adicionado um novo crossover na mesma linha de produção, que será o crossover esportivo.



Fotos: Volkswagen e Ford / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR