Volkswagen retoma produção em dois turnos do T-Cross neste mês de novembro no Paraná

Após cinco meses de lay-off e turno único, Volkswagen retoma produção em dois turnos do T-Cross na fábrica de São José dos Pinhais (PR)



A Volkswagen confirmou a retomada da produção de segundo turno na unidade de São José dos Pinhais (PR). Depois de cinco meses de lay-off, o SUV compacto da marca, o T-Cross, voltou a ser produzido em dois turnos. A informação foi antecipada pelo Automotive Business, que confirmou que 430 funcionários do segundo turno voltaram à linha de produção. Provisoriamente, a produção retornaria em setembro deste ano, mas a Volkswagen adiou o retorno da produção em dois meses.

Durante esse período em que ficou em turno único, a Volkswagen produziu cerca de 300 unidades do T-Cross ao dia, contra as 500 unidades em dois turnos. Durante todo esse ano, a marca teve algumas dores de cabeça relacionadas com a produção no país, ainda motivadas pela falta de semicondutores e também pela queda nas vendas, principalmente depois que as exportações foram prejudicadas. Nisso, acrescenta-se a perda do envio de unidades ao México, que agora recebe o SUV da Índia. Outro mercado importante, a Argentina, sofre uma grave crise.

Já a demanda nacional se mantém estável. Neste ano de 2023, até mesmo o primeiro turno ficou sem produzir entre os dias 26 a 30 de junho, usando o banco de horas. A produção vai parou também entre os dias 10 de abril a 2 de maio, envolvendo 1.900 funcionários. Também no dia 12 de abril deste ano, 200 funcionários da unidade paranaense reivindicaram melhores condições de trabalho. As reclamações tinham um cunho sobre condições de trabalho, relacionados pelos baixos salários pagos pelos fornecedores da Volkswagen na unidade, além de condições extra unidade fabril.

Ano que vem, a unidade deve receber a reestilização do T-Cross. Visualmente, o SUV pode receber novo desenho interno dos faróis, que vão ganhar a barra iluminada que chega ao logotipo, assim como um novo para-choque dianteiro. É esperado que ele receba ainda novos faróis de neblina, que vão receber um novo desenho. Nas laterais, o T-Cross ganha novas rodas de liga leve, que vão variar de acordo com cada versão. De traseira, as lanternas podem ganhar um novo layout, podendo ter lanternas que se interligam por meio de uma barra em LED, assim como aconteceu com o modelo europeu. Além disso, o T-Cross receberá um novo para-choque traseiro, com novo desenho e novos refletores.



Fotos: Volkswagen / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado