SVOLT confirma que terá mais fábricas de baterias na Europa, com até cinco unidades

SVOLT confirma expansão de fábricas e vai quer unidade fabril de baterias também na Europa, onde pode acabar construindo um total de cinco fábricas



Sendo uma das marcas de baterias mais conhecidas do mundo assim como a CATL, Samsung, LG, Panasonic, EVE Energy, Envision AESC e outras, a SVOLT confirmou que vai apostar fortemente no mercado europeu. Querendo ser uma das fornecedoras de baterias para veículos elétricos, a empresa chinesa vê no Velho Continente uma boa alternativa de expansão de mercado. Só no continente europeu, estima-se que a SVOLT possa erguer cinco fábricas. Atualmente, a empresa possui uma colaboração entre a BMW e a GWM, com duas fábricas na Alemanha.

Em 2025, a empresa terá uma terceira unidade que será erguida com a Stellantis e outras duas unidades serão construídas com outras montadoras. Só na Europa, a SVOLT estima que pode produzir cerca de 50GWh ao ano até o final desta década, fabricando cerca de 1.000.000 de baterias ao ano. "A indústria de baterias na Europa está realmente decolando e nós queremos aproveitar o crescimento. Poderíamos construir nossas fábricas de produção ainda mais rápido se houvesse mais espaços e trabalhadores qualificados disponíveis", destaca Kai-Uwe Wollenhaupt, Chefe da Divisão Europeia da SVOLT.

A SVOLT também estaria conversando com uma série de empresas europeias que estejam interessadas em ter suas fábricas de baterias em parceria com empresas de baterias, o que vem se tornando cada vez mais comum. Estima-se que, dentro de um ano, a SVOLT possa estar fechando mais três acordos de produção de baterias com montadoras, tudo para seguir exatamente o que sua maior concorrente, a CATL, já vem fazendo no continente – que também está em um plano de expansão e com acordos com montadoras europeias para a produção de baterias.

Em uma das fábricas que está construindo na Alemanha, que fica pronta no final de 2023, a SVOLT confirmou que a unidade de Überherrn, no Sarre, Alemanha, terá uma capacidade de produção de 24GWh, o que corresponde a baterias para 300 mil a 500 mil carros elétricos por ano. A unidade possui planos de poder ser expandida. A SVOLT planeja estabelecer capacidades de produção de células de bateria de 100GWh em todo o mundo até 2025. Além da fábrica na Alemanha, estão planejadas três fábricas na região do Pacífico Asiático, com uma capacidade total instalada de 76GWh.



Fotos: SVOLT / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok