BYD Dolphin Mini abre regime de pré-venda no Brasil com sinal de R$ 10.000; estreia é dia 28

BYD abre pré-venda do Dolphin Mini no Brasil, com bônus de R$ 10.000, com a aquisição do hatch pelo Mercado Livre, até amanhã, 28 de fevereiro, às 10h30



A BYD iniciou o processo de pré-venda do Dolphin Mini no mercado brasileiro. O hatch subcompacto elétrico vai ser vendido em nosso mercado por poucos dias. Começou no último dia 25 de fevereiro e vai até amanhã, 28 de fevereiro, às 10h30 da manhã. O lançamento do hatch vai trazer alguns benefícios de pré-venda, como um bônus de R$ 10.000 para os consumidores com compra via Mercado Livre. Apesar do preço oficial não ter sido anunciado, o bônus de R$ 10.000 vai de encontro com preço de R$ 99.800 e com concessionários dizendo que será R$ 89.800.

Inicialmente, sabe-se que ele será lançado com opção de quatro lugares e uma opção de cinco lugares vai chegar depois, tanto com bateria de 30,08kWh como com a bateria de 38,88kWh, chamadas de EV300 e EV400 em outros mercados. No regime de pré-venda, a BYD trouxe informações apenas da bateria de 38kWh, Blade LFP, que recupera de 30% a 80% da bateria em apenas 30 minutos. Essa bateria rende uma autonomia de 280km, de acordo com o rigoroso padrão do InMetro. O Dolphini Mini pode ser carregado em estações de recarga de 40kW em recarga em estações de recarga rápida ou 6,6kW em um WallBox.

Ele também pode ter uma função de descarga AC padrão com sistema Vehicle-to-Load (V2L). No catálogo do hatch, a marca confirmou o motor elétrico de 75cv e 13,8kgfm, que faz ele acelerar de 0 a 100km/h em 14,9 segundos e com velocidade máxima de 130km/h. O hatch terá três modos de condução: Normal, Eco e Sport. Desenvolvido a partir da plataforma modular e-platform3.0, ele possui 3,780 metros de comprimento, 2,500 metros entre os eixos, 1,715 metro de largura, 1,580 metro de altura e 230 litros de capacidade de porta-malas. Ele ainda tem 11,0 centímetros de altura em relação ao solo e um peso de 1.239kg.

Ele é equipado com rodas de 16 polegadas (com pneus 175/55 R16), uma suspensão dianteira McPherson e uma suspensão traseira por eixo de torção. Os freios são discos ventilados na frente e disco sólido na traseira. A marca já divulgou a lista de equipamentos completas do carro, que será comum nas duas opções de bateria. Ele será vendido no regime de pré-venda por meio do Mercado Livre, com pagamento de R$ 10.000 via Pix ou boleto bancário. O valor pago será abatido no fechamento da compra na concessionária. Outra coisa que já se sabe é sobre o pós-venda.



A marca confirmou que ele terá revisões a cada 20.000km ou uma por ano, o que acontecer primeiro. A primeira revisão terá custo de 20.000km por R$ 370, a segunda revisão de 40.000km tem preço de R$ 1.000, a terceira revisão de 60.000km custa R$ 370, a quarta de 80.000km custa R$ 1.000 e a quinta de 100.000km tem preço de R$ 370. Para rodar 100.000km, o consumidor terá custo de revisões de R$ 3.110. A BYD também divulgou valores das revisões de 120.000km (R$ 1.000), 140.000km (R$ 370), 160.000km (R$ 1.000), 180.000km (R$ 370) e 200.000km (R$ 1.000). O valor total será de R$ 6.850 para rodar 200.000km.

As revisões mais baratas, de R$ 370, possuem operações de aperto e fixação de parafusos do chassi, pastilhas, discos, pinças, fluídos e mangueiras dos freios, caixa de direção, alavanca de marchas, coifa do eixo de transmissão, suspensões, alinhamento, rolamentos das rodas, pressão e calibração dos pneus, nível do líquido de arrefecimento, suporte da bateria, conector de carregamento, filtro de carvão ativo e renovação do lubrificante para as dobradiças das portas. As revisões de R$ 1.000 vão ter serviços como óleo de transmissão, líquido de arrefecimento da bateria e fluído dos freios.

Se seguir o passo dos irmãos, ele terá uma garantia de cinco anos de fábrica, mas é preciso seguir fielmente o manual de instruções do carro para manter a garantia vitalícia. Para uso comercial, o seguro cai para dois anos ou 100.000km, o que ocorrer primeiro. No país, ele será vendido com as cores Sprout Green com interior em Azul Claro, Polar Night Black com interior Azul Claro, Peach Pink com interior Rosa e Apricity White com interior Azul Escuro ou Rosa. Mais detalhes surgem nas próximas horas. 



Dolphin Mini EV

De série, ele será vendido com limpador de para-brisa dianteiro tipo “flat-blade”, porta traseira com destravamento elétrico, rodas de liga de alumínio de 16 polegadas, faróis automáticos, lanterna de neblina traseira, faróis de LED com ajuste de altura, farol ‘Follow me Home’ com atraso avançado para abrir e desligar, luz de rodagem diurna (DRL) de LED, lanterna traseira de LED, luz de freio (brake light) em LED, para-brisa traseiro com função de aquecimento, desembaçamento e degelo, vidro elétrico do motorista com função One Touch para subida e descida e função antiesmagamento, espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico, desembaçador com aquecimento e rebatimento manual. A lista ainda possui volante multifuncional, quadro de instrumentos com tela de 7 polegadas LCD de alta resolução, carregamento de smartphone sem fio, para-sol do motorista e do passageiro dianteiro com espelho e iluminação, espelho retrovisor manual antiofuscante, apoio de braço central dianteiro, tomada 12V, duas entradas USB dianteiras (1 Tipo A e 1 Tipo C), bancos com revestimento de material premium com ajuste elétrico do banco do motorista (6 posições) e ajuste manual do banco do passageiro dianteiro (4 posições), banco traseiro reclinável, sistema ISOFIX de fixação de cadeira infantil, central multimídia Intelligent Cockpit System (ICS) com tela flutuante de 10,1 polegadas e rotação elétrica, 4 alto-falantes, rádio FM & AM, sistema de navegação GPS, sistema de controle de voz inteligente e conectividade com Apple CarPlay e Android Auto, além de Spotify, atualização remota Over-The-Air (OTA), serviço de armazenamento em nuvem BYD e conexão de rede 4G. A lista ainda possui ar-condicionado automático, função de descarga AC padrão (veículo para carga/V2L), freio de Estacionamento Eletrônico (EPB), Auto-Hold (AVH), chave presencial, assistente de frenagem hidráulico (HBA), desaceleração controlada para freio de estacionamento (CDP), sistema de controle de tração (TCS), Controle de Dinâmica do Veículo (VDC), Freio Eletrônico – Distribuição de Força (EBD), assistente de partida em subida (HHC), frenagem confortável (CST), freios regenerativos cooperativos inteligentes, controle de cruzeiro (CC), sensores de estacionamento traseiros (3), seis airbags (2 airbags dianteiros para motorista e passageiro, 2 airbags laterais nos bancos dianteiros e 2 airbags de cortina dianteiro e traseiro), cintos de segurança com limitadores de força pré-tensionados, lembrete do uso de cinto de segurança (todos os assentos), modo de condução em terrenos de baixa aderência, direção elétrica, volante com ajuste manual de altura e profundidade e sistema de monitoramento direto da pressão dos pneus (TPMS).



Fotos: BYD / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok