Vaza imagem de como seria o abortado projeto do Dacia Duster Coupé de segunda geração

Surgem imagens do que poderia ser o Dacia Duster Coupé de segunda geração, projeto descartado pela Renault, por conta da concorrência com o Arkana



Eis que surgiu um dos segredos que ninguém fazia ideia que existia. O Dacia Duster Coupé de segunda geração, que foi estudado pela marca romena, mas que nunca chegou à fase de testes. O segredo foi revelado em parceria pelo site francês Lignes Auto e pelo perfil do Instagram focado em desvendar projetos que nunca ganharam as linhas de produção, o Never Born Cars. De acordo com informações, a proposta era que a segunda geração do Dacia Duster, lançado em 2017 na Europa, pudesse contar com uma opção cupê.

O Duster Coupé chegou a ser desenvolvido internamente (tanto que existe esta imagem), mas nunca saiu às ruas para testes. De acordo com informações, o projeto foi cancelado pela diretoria da Renault, que já desenvolvia o Arkana, que seria lançado um ano depois, em 2018. Além disso, o Duster Coupé teria uma proposta vanguardista, com uma pegada mais artístico, inovador e avançado para ser um Dacia, que sempre foi uma marca mais racional e de baixo custo. Em termos de design, esse carro seria basicamente o Duster até a coluna B e a partir dela ganharia um caimento cupê.

Esse perfil cupê seria bem notório, com um novo desenho da porta traseira, com uma rápida ascensãodo desenho das janelas da porta traseira e uma pequena janela vigia que ficaria ‘sozinha’ na carroceria, ligado apenas com o friso cromado que aparece em toda a parte superior dos vidros. A porta traseira ainda ganharia o recurso de não ter uma maçaneta convencional, que ficaria embutido na coluna como uma forma de ressaltar esse desenho mais esportivo. O vidro traseiro seria bem inclinado e a traseira seria completamente diferente ao que já vimos na história do Duster.

Ela aparece com lanternas horizontais que invadem a tampa do porta-malas e que possui um acabamento em plástico preto que liga as duas lanternas. Dentro dessa barra, ficaria o espaço para a placa traseira, enquanto a tampa do porta-malas teria uma espécie de aerofólio na própria tampa, com um desenho mais proeminente na parte superior. O para-choque traseiro aparece rente ao para-choque traseiro, que possui um desenho similar ao do Duster que conhecemos, com um acabamento em plástico preto e um aplique prateado. Por fim, as rodas parecem ter um acabamento diamantado.

Apesar do design mais esportivo, mecanicamente ele poderia ser equipado com a mesma mecânica do Duster, ou seja, os conjuntos 1.3 12v TCe a gasolina que desenvolve 130cv ou 150cv, além de um motor 1.5 Turbo Diesel de 115cv. O câmbio pode ser um manual de 6 marchas ou automático de dupla embreagem de 6 marchas, com opção de tração 4x2 e 4x4. Ele não poderia ser motores muito diferentes, por conta da limitação da plataforma modular B0, que já está em fase de substituição pela base CMF, mais moderna e que permite até eletrificação.



Fotos: Never Born Cars / reprodução | Dacia / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Ford traz novo lote da Ranger Raptor com mais equipamentos de série e custa R$ 466.500

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

Suzuki Invicto aparece na Índia como rebadge da Toyota Innova e espaço para até oito

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Toyota lança o RAV4 com motor híbrido plug-in (PHEV) de 306cv no Brasil, por R$ 399.990

RAM reajusta os preços da Classic e diminui os preços da picape em até R$ 35.000

Volkswagen T-Cross com reestilização chega ainda neste primeiro semestre de 2024

Nio revela primeiro teaser da sua nova marca, a Onvo, que estreia com o SUV elétrico L60

Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv