Rivian confirma que vai expandir a produção nos EUA, mesmo com operação no negativo

Apesar do ritmo ainda lento, Rivian confirmou aumento da produção na fábrica de Normal, Illinois, nos EUA, apesar de prejuízos da ordem de US$ 1,35 bilhão



A Rivian divulgou alguns dos seus primeiros resultados financeiros e confirmou que vai aumentar a produção na fábrica de Normal, estado de Illinois, nos Estados Unidos. Por lá, a marca confirmou que o primeiro trimestre de 2023, por exemplo, fechou com 9.395 unidades produzidas e 7.946 unidades entregues. Apesar do baixo volume de vendas, a marca norte-americana confirmou na época que este número estava de acordo com o seu planejamento, que acredita estar no caminho certo para cumprir a expectativa, que era de 50.000 unidades.

Apesar de confirmar um aumento na linha de produção, para alcançar a marca de 50.000 unidades, a Rivian perdeu US$ 1,35 bilhão nos primeiros três meses de 2023, após a divulgação dos resultados do primeiro trimestre. “A produção no primeiro trimestre correspondeu às nossas expectativas e, como resultado, estamos reafirmando nossa meta de produção para o ano para 50 mil unidades”, destaca RJ Scaringe, CEO da Rivian. Em contrapartida, a Rivian teve um lucro de US$ 661 milhões com a venda dos seus veículos no trimestre, o que não muda o fato de estar operando no vermelho.

Apesar disso, Scaringe espera que a Rivian em breve passe por mudanças, com a chegada de novos produtos e com o aumento na produção, resolvendo de uma vez por toda os gargalos de uma produção reduzida, que traz mais custos para as marcas, especialmente com a aquisição de componentes. Além do aumento da produção, a Rivian confirmou atualizações para a dupla R1T e R1S. Ambos vão receber os novos motores elétricos chamados de Enduro, desenvolvidos pela própria Rivian e que vai ajudar a diminuir custos de produção.

“O Enduro nos garantirá melhorias no controle de custos que vão resultar em uma redução significativa nos gastos com materiais”, adiciona Scaringe. Atualmente, a fábrica de Normal possui capacidade de produzir 150.000 unidades ao ano, ou seja, há mais os custos de uma fábrica que opera abaixo da sua capacidade. Se alcançar a sua estimativa de vendas, de 50.000 unidades, vai conseguir alcançar, pela primeira vez, 1/3 da capacidade da fábrica. Além da picape e do SUV, a Rivian produz o van EDV Delivery, que recentemente passou a ser do domínio da marca e não mais exclusividade da Amazon.



Fotos: Rivian / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias