Maserati usará motores FPT Industrial para o GranTurismo Folgore, que desenvolve 761cv

Maserati GranTurismo Folgore usa motores elétricos da FPT Industrial; cupê tem três motores elétricos que juntos entregam 761cv e 137,7kgfm de torque



A FPT Industrial e a Maserati confirmaram que o novo motor que equipa a nova geração do GranTurismo Folgore é da FPT. Empresa de sistemas do Iveco Group, a FPT Industrial tem fábrica no Brasil, mas o motor em si não é feito aqui. O conjunto de motores elétricos que equipa o superesportivo italiano fazem com que o cupê tenha 761cv e torque de 137,7kgfm. Desenvolvido com uma arquitetura elétrica de 800V, os três motores elétricos de ímã permanente desenvolvem 408cv cada, junto de uma bateria de 92,5kWh.

A força dos motores elétricos é enviada para as quatro rodas com vetorização de torque. Esse conjunto permite que o GranTurismo acelere de 0 a 100km/h em 2,7 segundos e atinja a velocidade máxima de 325km/h. Chamado de ePropulsion, essa linha de motores elétricos da FPT Industrial possui um “desempenho excelente, aliado à alta qualidade e elegância típicas da Casa do Tridente”, destacou a empresa. Criado em conjunto com a Maserati, esses novos motores possuem um conjunto na dianteira para mover o eixo dianteiro e dois motores elétricos na traseira, um para cada roda.

“Ser escolhido como parceiro tecnológico pela Maserati significa enfrentar desafios que exigem os mais altos níveis de experiência e expertise, assim como de flexibilidade adequada. Estou orgulhoso em dizer que a equipe fez o possível e o impossível para superar todos esses desafios, abrindo uma porta para FPT Industrial no segmento de carros de alto desempenho e tornando-a parte de uma verdadeira obra-prima italiana. Nós combinamos tecnologia sob medida, sustentabilidade e a emoção proporcionada apenas pelos melhores carros de alta qualidade”, disse Andrea Cugnini, Head da Linha de Negócios ePowertrain da FPT Industrial.

Os novos motores foram desenvolvidos para serem compactos e leves, graças a uma estrutura totalmente em alumínio e com foco na sustentabilidade. Os eixos elétricos, chamadas pela FPT de eAxles, são fabricados na fábrica de sistemas de propulsão elétricos (ePowertrain), a primeira instalação neutra em carbono do Iveco Group, localizada em Turim, na Itália. Tanto o eixo elétrico dianteiro como o traseiro possuem uma solução completa em termos de design compacto e leve. Os inversores são perfeitamente integrados aos eixos elétricos, sem a necessidade de ser montado em uma outra parte da estrutura.

Isso contribui para o espaço e a estrutura do carro, com uma vantagem de oferecer benefícios significativos em termos de espaço e distribuição de peso – que no Folgore é ideal em 50/50. O motor elétrico dianteiro é chamado de eAX 300-F e apresenta uma saída de potência de pico de potência de 408cv e dispõe de um sistema de bloqueio de estacionamento incorporado, para maior segurança. Já o eixo traseiro possui dois motores eAX 600-R, que apresentam, juntos, uma potência pico de 815cv. Os dois motores traseiros são incorporados no eixo traseiro e podem ser desmontados, sem transmissão conectando as rodas, enquanto a vetorização de torque garante níveis consideravelmente mais altos de segurança, estabilidade e controle ao esportivo. 




Fotos: Maserati / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI