Startup taiwanesa Luxgen apresenta o URX, que promete ser vendido na Europa ainda em 2020


Ainda desconhecida por muitos, a Luxgen Motors é mais uma daquelas marcas asiáticas que mal chegamos a comentar por não se ter muitas notícias sobre. A marca taiwanesa acaba de apresentar seu novo modelo, o URX. O crossover possui espaço para sete ocupantes e é um misto de minivan com utilitário esportivo por suas linhas. Promessa de ser vendida na Europa como o seu primeiro mercado fora de Taiwan e da China, a Luxgen confirmou testes que chegaram a 250.000km na Europa. Além testes, já realizou testes de CO2 e deve vender o modelo na Europa ainda este ano. A novidade se destaca pelo espaço interno com cinco ou sete assentos e um porta-malas de dimensões generosas como destaque. A segunda fileira de bancos ainda pode se deslocar em até 80 milímetros, melhorando o espaço para as pernas. Na China, o URX deve ser vendido com motor 1.8 Turbo capaz de desenvolver 200cv de potência, mas na Europa o modelo deve ser oferecido com um 2.0 Turbo de 225cv, acoplado a um câmbio automático de 6 marchas nas duas opções. A tração deve ser dianteira ou integral AWD. Visualmente, o Luxen URX se destaca por oferecer linhas fluídas e modernas, com os faróis divididos. 


A parte superior dos faróis se conectam com a grade dianteira, enquanto as linhas do para-choque dianteiro fazem com que os faróis principais fiquem no mesmo nível da enorme entrada de ar. Há ainda faróis de neblina em posição inferior. Visto de lateral, o URX se destaca pelo teto contrastante e pela ampla área envidraçada. Na traseira, as lanternas são grandes e invadem a tampa do porta-malas, enquanto há um friso cromado que interliga as duas lanternas. O porta-malas possui uma ampla abertura da tampa e o para-choque traseiro é discreto, trazendo cromado apenas nas ponteiras do escape, integradas ao para-choque traseiro. No interior, o destaque fica por conta de linhas minimalistas, com destaque para a enorme central multimídia no console central. De série, a Luxen diz que ele deve ser equipado com frenagem autônoma, controle de velocidade inteligente, alerta de mudança involuntária de faixa, uma central multimídia com uma tela de 12 polegadas com formato tipo tablet e em disposição vertical, trazendo navegação integrada, assistente de voz, volante multifuncional, acesso sem chave, partida por botão, sistema head-up display, climatizador automático, freio de mão elétrico, teto solar panorâmico, tampa traseira elétrica, rodas de liga leve, faróis LED e outros. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Ford traz novo lote da Ranger Raptor com mais equipamentos de série e custa R$ 466.500

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

Suzuki Invicto aparece na Índia como rebadge da Toyota Innova e espaço para até oito

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Toyota lança o RAV4 com motor híbrido plug-in (PHEV) de 306cv no Brasil, por R$ 399.990

RAM reajusta os preços da Classic e diminui os preços da picape em até R$ 35.000

Volkswagen T-Cross com reestilização chega ainda neste primeiro semestre de 2024

Nio revela primeiro teaser da sua nova marca, a Onvo, que estreia com o SUV elétrico L60

Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv