Sono revela imagens da versão de produção da minivan Sion, que será produzida em 2023


A Sono confirmou a chegada da Sion de produção e revelou mais alguns detalhes da minivan que usa placas solares como extensor de autonomia. Assim como o Lightyear 0, o Sono Sion estava em desenvolvimento desde 2016. A empresa alemã ainda retrabalhou o design da Sion, deixando o modelo com linhas mais modernas, mas, ainda assim, mais limpas. Visualmente, a Sion se destaca por vir com faróis retangulares com iluminação diurna DRL em LED e uma porta de recarga da bateria no lugar de onde estaria a grade dianteira. Essa entrada para recarga ainda traz o logotipo da marca. O para-choque dianteiro traz linhas simples, com uma entrada de ar inferior com acabamento em plástico preto. Como algumas minivans, a Sion possui uma dianteira relativamente curta. Nas laterais estão as suas linhas mais simples, algo que fica claro pelo desenho das portas bem retilíneos, assim como a área envidraçada com um desenho simples e ascendente. Há ainda uma linha que nasce no para-lama dianteiro e delimita a altura das maçanetas, que são convencionais. Há ainda rodas com calotas. Por fim, na traseira, a Sion possui uma dianteira quase reta, com uma tampa do porta-malas que dá sequência aos frisos laterais e tem lanternas em LED verticais. O vidro traseiro também é compacto e tem um desenho retangular. O para-choque traseiro é bem simples, abriga o espaço para a placa e tem uma espécie de difusor de ar na parte inferior. O interior da Sono Sion ainda recebe novidades também, com novos bancos e mais espaços para porta-objetos. Ela ainda recebe um novo volante redesenhado, assim como um novo console central. 



O quadro de instrumentos é digital e existe uma central multimídia. O painel ainda ganha uma faixa em verde musgo. Suas linhas retas ajudam a presença de 456 meias-células solares que estão espalhadas por toda a carroceria, no teto, capô, portas dianteiras e traseiras, tampa do porta-malas, para-lamas dianteiro e traseiro. A minivan usa uma bateria de 54kWh que oferece uma autonomia de 305km, mas a energia grada pelo sol aumenta a autonomia entre 112km a 245km por semana. De acordo com a Sion, o carro precisa ser carregado até quatro vezes menos que um carro elétrico convencional. A Sono ainda confirma que o modelo poderá ser carregado em estações de recarga rápida de até 75kW ou em um Wallbox de 11kW. A minivan ainda vai poder recarregar dispositivos eletrônicos, residências ou outros elétrico com potência de até 11kW, por conta do seu carregamento bidirecional, chamado de Vehicle To Load (V2L). A Sono não revelou detalhes do motor da Sion, mas o protótipo vinha com um motor elétrico que entregava 163cv e 27,5kgfm. De acordo com a Sono, ela será testada na América do Norte e na Europa, antes de começar a ser produzida em série. É um longo processo de testes em condições extremas, além de testes padrões de homologação, testes de colisão, testes em diferentes climas, otimização da tecnologia solar, proteção, dinâmica de direção e outros. A produção em série está prevista para começar no segundo semestre de 2023, com produção na Finlândia. Em sete anos, a Sono quer produzir cerca de 257 mil unidades da minivan. Na Europa, os preços são cotados para começarem a partir de 25.126 euros. Cerca de 19.000 interessados já pagaram 2.225 euros de sinal na fila de espera pelo modelo. 






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Toyota registra imagens de patente de câmbio manual que simula de 14 marchas no USPTO

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

BMW lança promoção adicional para iX1 e iX no Brasil até o próximo dia 31 de maio

Honda lança promoção no Brasil com ZR-V, que pode ser encontrado por R$ 199.900

Ford tem desconto de R$ 17 mil para a Ranger; Maverick, Bronco Sport e Transit tem promoção

Volkswagen apresenta as primeiras imagens teaser de um possível Golf GTI Edition 50

Chery reajusta o preço do Tiggo 5X em R$ 1.000 e Tiggo 7 Sport pode receber primeiro aumento

Peugeot apresenta a reestilização do 208 na Europa, que ganha opção de motor híbrido

MINI revela imagens teaser do desenvolvimento da condução com uso de óculos VR