GWM apresenta a Poer Shanhai com um motor V6 Biturbo de 354cv no mercado chinês

Great Wall e Poer apresentam nova picape na China no Salão do Automóvel de Chengdu. É a Shanhai, que estreia com um design mais parrudo



A Great Wall e a Poer apresentaram a sua nova picape no Salão do Automóvel de Chengdu, na China. Trata-se da Great Wall Shanhai ou Poer Shanhai. A novidade estreia na China com três opções de motores, todos a combustão. A picape média possui 5,440 metros de comprimento, 3,350 metros de entre-eixos, 1,991 metro de largura e 1,924 metro de altura. Com uma caçamba grande, a picape terá 18 pontos de amarração na caçamba.

Desenvolvido a partir da base P71, a picape usa o nome Shanhai, que traduzido vem de ‘montanhas e mares’. Visualmente, a picape se inspira bastante em um utilitário esportivo da Tank, o 500. Ela vem com os mesmos faróis de desenho mais quadrado, assim como a grade dianteira possui um mesmo recorte. A diferença é que na picape, a grade dianteira possui barras horizontais e cromadas, com o logotipo ao centro.

O para-choque também é diferente, com faróis de neblina em um acabamento em ‘J’, com faróis de neblina de desenho vertical. O para-choque dianteiro ainda possui um acabamento prateado na parte inferior do para-choque. A picape ainda conta com o mesmo capô do SUV, que traz linhas parrudas como destaque. A picape e o SUV compartilham boa parte das peças até a coluna B, como para-brisas, retrovisores, para-lamas e portas dianteiras.

A diferença é que a picape da Great Wall/Poer possui para-lamas alargados, tanto na dianteira como também na traseira. Ainda falando sobre as laterais, a picape possui um acabamento cromado no contorno dos vidros. Há um friso na parte inferior das portas que chama mais atenção. A picape ainda possui teto solar e rack de teto. De traseira, a novidade se destaca por vir com uma tampa da caçamba que pode ser abertura em um sistema bipartido ou com uma abertura convencional, baixando.



As lanternas são verticais e possuem um acabamento escurecido, enquanto o para-choque traseiro tem apoios para os pés, espaço para a placa ao centro e refletores nas extremidades. A tampa da caçamba ainda traz o logotipo da marca ao centro e a tampa é repartida logo ao lado direito do logotipo. Com isso, o lado esquerdo é maior que o lado direito. Opcionalmente, o consumidor vai poder ter uma série de acessórios da caçamba. O destaque fica por conta da capota rígida que pode ter três aberturas diferentes.

Internamente, a picape se destaca pelo acabamento mais refinado. De acordo com a marca chinesa, a Shanhai estreia para ser a picape mais cara já desenvolvida pela GWM. Para isso, ela recebe um painel de linhas modernas e horizontais. Destaque para a enorme tela da central multimídia com 14,6 polegadas, enquanto o quadro de instrumentos possui uma tela de 12,3 polegadas. Com materiais macios ao toque, o painel ainda tem saídas de ar-condicionado horizontais.

As saídas de ar centrais ficam abaixo da tela da central e contam com mais alguns controles físicos. O console central da picape traz uma alavanca de câmbio que pode ser deitada, tendo uma série de controles nos dois lados da manopla. O acabamento interno ainda pode ser personalizável com elementos como couro azul ou bordô, entre as cores mais extravagantes. Há ainda couro preto e detalhes que imitam madeira no painel e nos painéis de portas.



De série, a picape será equipada com o pacote de equipamentos ADAS chamado pela GWM de Coffee Pilot. Este adiciona equipamentos como entrada/saída inteligente de rampas, assistente de cruzamentos, assistente de mudança de faixa, monitoramento de fadiga, aviso de veículos em pontos cegos e identificação de áreas de tráfego intenso. Os bancos dianteiros e traseiros ainda contam com funções de aquecimento, ventilação e massagem. O banco traseiro, de maneira inédita, também tem comandos elétricos, como deslizamento para facilitar entradas e saídas.

Na mecânica, a Poer Shanhai será vendida com três opções de motor na China. O mais simples deles será o 2.0 Turbo a gasolina e um 2.4 Turbo Diesel que desenvolve 184cv e 48,8kgfm, acoplado a uma transmissão automática de 9 marchas. A picape ainda possui uma tração 4x4 com um sistema de embreagem eletromagnética da BorgWarner para enviar a tração para as rodas dianteiras. A tração ainda contará com uma caixa reduzida e bloqueio de diferencial traseiro, enquanto o bloqueio dianteiro será um opcional.

Por fim, a terceira opção de motor até o momento é o 3.0 V6 Biturbo Diesel junto de um sistema híbrido-leve de 48V (MHEV), que desenvolve 354cv de potência com torque de 51kgfm e acoplado ao câmbio automático de 9 marchas e a tração 4x4. Esse V6 entrega 32,6kgfm do torque já em 1.000rpm. A GWM ainda desenvolve versões híbrida (HEV) e híbrida plug-in (PHEV), que vão compartilhar a mecânica com modelos da Haval, Wey e Tank.




Fotos: GWM e Poer / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho