Dodge Last Call: marca apresenta as seis de sete séries finais de Challenger e Charger

Dodge apresenta seis séries especiais que fazem parte da linha Dodge Last Call Edition, de despedida da dupla Charger e Challenger; sétima novidade surge em breve



A Dodge apresentou seis novas séries especiais de Charger e Challenger, que fazem parte da linha Dodge Last Call Edition. Ao todo, serão sete séries especiais e uma sétima será apresentada em breve, em evento nos EUA. Enquanto isso, a marca mostrou as seis séries especiais dos seus dois esportivos, que serão vendidas nos EUA. A primeira das séries especiais é a Shakedown Edition, que estreia para o Challenger. Limitada em 1.000 unidades, a novidade é baseada na versão R/T Scat Pack.

Ele será vendido nas cores Destroyer Grey e Pitch Black (esse com pacote Widebody), sendo 500 unidades de cada uma das cores. A série vai se destacar por trazer listras pretas e vermelhas que se curvam no capô, desviando do Mopar Shaker. Os gráficos das listras e adesivos contam com o número 392 no para-choque e o nome Shakedown na traseira, assim como o emblema R/T. A série especial ainda conta com rodas de baixo brilho de 20 polegadas, podendo ser as rodas Slingshot ou Warp Speed, com pinças de freio Brembo vermelho de seis pistões.

No interior, as novidades ficam por conta do acabamento vermelho e com listras em vermelho e preto das listras. Os bancos ainda possuem costuras em couro Nappa preto e Alcantara com costuras vermelhas. O mesmo se repete no console central, volante, bancos e cintos de segurança em Demonic Red. O interior ainda traz uma plaqueta Last Call em alumínio escovado.



A segunda série especial é a Super Bee, para o Charger. O sedã será limitado em 1.000 unidades também e é baseado na versão Scat Pack. Serão 500 unidades na cor B5 Blue, com rodas de 20 polegadas, e 500 unidades com Plum Crazy, esse último com pacote Widebody e com rodas de 18 polegadas. Ele será equipado com motor 6.4 V8 HEMI de 492cv, com toda força enviada para o eixo traseiro. Visualmente, a série virá com capô com entrada de ar e saída de escape dupla na traseira. Ele ainda traz adesivos brancos no capô e nas laterais, sendo que próximo da traseira traz o Super Bee escrito.

O esportivo ainda virá com freios com pinças da Brembo em vermelho de quatro pistões. No interior, as novidades ficam por conta dos pacotes Plus Group Carbon/Suede para conforto e visual esportivo. “O Dodge Super Bee é mais do que comemorativo de um nome legal de herança – é também uma variante Charger do pacote de corrida de base Challenger 1320. A edição especial 2023 Dodge Charger Super Bee mais uma vez oferece um veículo Dodge que se sente igualmente em casa na rua ou na pista de arrancada.”, disse Tim Kuniskis, CEO da marca Dodge.

A terceira e quarta série especial são os modelos da linha R/T Scat Pack Swinger, disponível para Charger e Challenger. Os modelos trazem detalhes na grade dianteira, com estilo mais retro. Há ainda rodas Gold School de 20 polegadas e com freios Brembo de seis pistões com pinças pretas. O Chhallenger ainda possui acabamento em couro Nappa e Alcantara, com costuras em verde e com o logotipo Dodge Rhombi Green. Ele ainda possui detalhes que imitam madeira, painel com costuras contrastantes em verde e o emblema Swinger.



O Charger se diferencia ainda por não contar com a entrada de ar no capô. O motor é o 6.4 V8 HEMI de 492cv 65,6kgfm, com câmbio automático de 8 marchas. O Challenger ainda pode vir com câmbio manual de 6 marchas. Cada um terá uma tiragem de 1.000 unidades e ambas séries especiais são equipadas com pacote Widebody e todos tem as cores F8 Green e Sublime Green, bem como White Knuckle.

A quinta série especial é o King Daytona, disponível para o Charger. Desenvolvido com base na versão Hellcat Redeye com Widebody, o sedã presta uma homenagem ao King Daytona e ao seu piloto William “Big Willie” Robinson, que ganhou fama na cena das corridas de arrancada da Costa Oeste com seu Dodge Charger 1969. A série especial terá uma tiragem de 300 unidades e se destaca por vir com pintura laranja Go Mango Orange.

No interior, as novidades ficam por conta de costuras contrastantes em laranja nos bancos e painel, além do quadro de instrumentos e outros detalhes do painel. Ele ainda possui exclusivas rodas de carbono Warp Speed de 20 polegadas e vem com motor V8 HEMI de 818cv. Nos EUA, ele ainda possui freios Brembo com seis pistões laranja da mesma cor. O interior traz bancos em Nappa e Alcantara Daytona, forro do teto em camurça, volante Alcantara, sistema de som premium Harman Kardon, teto solar e navegação integrada.



Por fim, a sexta série especial é o Black Ghost, para o Challenger. Limitado em 300 unidades, ele é baseado no SRT Hellcat Redeye com Widebody, com motor de 818cv. Ele é uma homenagem ao Challenger RT SE de 1970, de Godfrey Quails, o carro clássico era uma lenda na Woodward Avenue nos anos 1970. A série especial se destaca por vir com adesivo no teto em ‘pele de jacaré’, combinando com o teto de vinil que vinha no clássico carro de corridas de rua.

Ele ainda traz um gráfico no para-lama traseiro em branco e detalhes em branco espalhados pela carroceria. “Existem tantos muscle cars lendários na história da marca Dodge, foi difícil escolher os sete veículos que queríamos homenagear com nossa linha Last Call, mas o Black Ghost foi uma escolha fácil. O Dodge Challenger Black Ghost 2023 é o prelúdio para o que vamos revelar com nosso sétimo e último modelo de edição especial.”, disse Tim Kuniskis, CEO da marca Dodge.

 “Estamos tornando o processo o mais transparente possível, dando aos entusiastas o poder de pesquisar cada modelo 2023 e nível de acabamento alocado para cada revendedor. Os entusiastas terão todas as oportunidades de localizar o modelo Dodge Last Call que desejam”, disse Kuniskis. O Challenger terá preços entre US$ 32.645 a US$ 98.420 para as séries especiais, enquanto o Challenger vai de US$ 30.545 a US$ 99.315.








Fotos: Dodge / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho