Nissan começa a estocar unidades do novo Sentra no Brasil, que retorna vindo do México

Primeiras unidades do novo Nissan Sentra começou a desembarcar no mercado brasileiro, vindo da fábrica de Aguascalientes, no México; sedã terá motor 2.0 16v



As primeiras unidades do Nissan Sentra já está em solo brasileiro. O sedã médio retorna ao nosso mercado importado da fábrica de Aguascalientes, no México. Os modelos começaram a chegar ao mercado brasileiro nos primeiros lotes, passando a ganhar lotes mais contínuos nos próximos meses, normalizando as entregas do sedã aos seus futuros consumidores. O sedã deve começar a desembarcar nos dois portos que a Nissan trabalha no país.

O primeiro deles é o Porto do Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro (RJ), enquanto o segundo é o Porto de Suape, entre os municípios de Ipojuca (PE) e Cabo de Santo Agostinho (PE). Desenvolvido a partir da plataforma modular CMF-C/D, o novo Sentra possui 4,649 metros de comprimento, 2,715 metros entre os eixos, 1,815 metro de largura e 1,445 metro de altura, a nova geração do Sentra está bem maior. O porta-malas, no entanto, caiu de 503 para 405 litros de capacidade, em favor de um design mais suave.

De série, estima-se que o novo Sentra Sense venha com rodas de 16 polegadas, faróis de halogênio, DTRL, I-Key w/ Push Start Engine, coluna de direção com ajuste telescópico, quadro de instrumentos com display TFT de 7 polegadas, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, modo Eco de condução, 6 airbags, ISOFIX, Seatbelt reminder (DR+AS+RR), alerta de presença no banco traseiro, multimídia com tela de 8" Apple CarPlay + Android Auto, ar-condicionado manual e seis alto falantes.

Mecanicamente, a nova geração do Sentra desembarca em nosso mercado com o motor 2.0 16v aspirado a gasolina, que desenvolve 150cv de potência com torque de 20,0kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT X-TRONIC. O consumo é de 11km/l na cidade e 13,9km/ na estrada, abastecido apenas com gasolina. Por aqui, sua missão é reconquistar os consumidores do Honda Civic, visto que o sedã voltou a ser importado depois de 25 anos, chega híbrido e quase R$ 100 mil acima dos preços que a Nissan quer vender o Sentra mais básico.



Fotos: Nissan / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR