SWM apresenta com o seu primeiro automóvel com extensor de autonomia, o Big Tiger

SWM apresenta oficialmente o Big Tiger, o carro com extensor de autonomia mais em conta do mercado chinês e que oferece 1.000km de autonomia



A SWM apresentou na China uma nova opção de motor para o Big Tiger, uma minivan já longeva que é bem veterana na China, ganhando agora uma versão com extensor de autonomia que se torna o modelo mais acessível da China com esse tipo de motor (EREV). Pouco conhecida por nós ocidentais, a SWM apresentou o modelo com o motor chamado de ED-i, que será oferecido com opções de cinco a sete ocupantes. O motor da Big Tiger foi desenvolvida exclusivamente pela marca junto com a FinDreams.

O conjunto híbrido é formado pelo motor 1.5 16v a gasolina de 116cv junto de um motor elétrico que desenvolve 143cv e 21,4kgfm, num conjunto chamado de DHT200. Com esse conjunto, ele acelera de 0 a 100km/h em 10 segundos. A autonomia pode ser de 1.000km com o conjunto híbrido, vindo com uma bateria de fosfato de ferro e lítio (LFP), com um alcance de cruzeiro elétrico puro de 51km. O modelo conta com 4,605 metros de comprimento, 2,780 metros entre os eixos, 1,815 metro de largura e 1,810 metro de altura. Há ainda uma altura em relação ao solo de 19,5 centímetros.

Visualmente, a Big Tiger se destaca por trazer faróis quadrados e com uma grade dianteira quase fechada, que traz o logotipo da marca SWM em destaque. O ‘W’ do logotipo é o bocal de recarga da bateria, enquanto que entre os logotipos está uma barra cromada. O para-choque dianteiro tem um acabamento em preto brilhante com uma entrada de ar inferior retangular com barras horizontais. O modelo tem um tem faróis de neblina com um acabamento em plástico preto que se conectam com o acabamento do arco das caixas de rodas.

A parte inferior do para-choque ainda cria um pequeno peito com um acabamento plástico preto que protege a parte inferior da carroceria. A minivan ainda tem capô de linhas mais vincadas a partir do desenho da grade dianteira, mas não nega as origens de ser um modelo bastante acessível. De perfil, a Big Tiger tem acabamento em plástico preto nas caixas de rodas e nas saias laterais e parte inferior das portas. A minivan ainda tem rodas de 17 polegadas, com pneus 215/60 R17. O desenho da carroceria ainda tem um vinco principal que nasce no para-lama dianteiro e termina na traseira, mas com linhas que lembra os carros da década de 1990.



De traseira, a minivan ainda possui lanternas verticais que lembram as que eram usadas na Chevrolet Montana de primeira geração. A tampa do porta-malas tem duas barras horizontais cromadas com o logotipo SWM ao centro. A tampa do porta-malas tem um desenho bem amplo, enquanto quase todo para-choque traseiro vem com um acabamento em plástico preto, com desenho que imita o para-choque dianteiro. No interior, a SWM dá um desenho mais moderno com central multimídia e quadro de instrumentos com tela de 10,25 polegadas.

A minivan ainda tem um volante com quatro raios e as saídas de ar-condicionado tem desenho quadrado. Abaixo das saídas centrais existe controles por botão e um seletor ao centro. Já o console central tem um espaço para recarga por indução para smartphones e um seletor de marcha, além de vir com botão Start/Stop e um freio de estacionamento eletrônico. O modelo possui uma altura de teto, oferecendo espaço para famílias, principalmente. No interior, a minivan possui uma capacidade de levar cinco ou sete ocupantes, com disposução de bancos 2+3 ou 2+2+3.

Na China, ela será vendida com cores preto, branco, cinza, verde escuro e laranja. Os preços vão de 99.900 a 123.900 yuans. Desde 2022, o modelo é vendido com uma mecânica a combustão, formado pelo 1.5 16v a gasolina de 116cv, com um câmbio manual. 





Fotos: SWM / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Volkswagen inicia as vendas do Nivus Sense também para pessoas físicas por R$ 119.990

Iveco já trabalha na homologação do eDaily, que chega ainda neste semestre no Brasil

Mercedes-Benz atualiza itens de série do Classe E no Brasil e fica R$ 61 mil mais barato

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

Curiosidades: Você sabe o que é uma direção subesterçante?

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil