FAW descarta os planos de produzir o esportivo Hongqi S9 na Itália e compromete projeto

FAW confirma que não vai mais erguer uma nova fábrica na Itália para fazer esportivos da Hongqi, com o S9; cupê seria produzido na região da Emilia-Romagna



A FAW confirmou que pode produzir seu esportivo não mais na Itália, precisamente na região da Emilia-Romagna. A joint-venture da Silk-FAW agora descartou os planos de erguer uma fábrica própria na Itália e a produção do esportivo pode ser transferida para a China, sede da Hongqi. A empresa de engenharia Silk EV confirmou que não tem mais interesse em produzir na Itália, depois de terem fechado um acordo pela região da Emilia-Romagna em 2021, para a produção do Hongqi S9.

De acordo com informações da Agência Reuters, a Silk-FAW não deu detalhes sobre o fim do interesse em produzir na Europa, mas autoridades da região da Emilia-Romagna confirmou para a agência de notícias, a decisão final dos chineses. Informações dão conta que os italianos estariam investigando a LFM-Seda, onde a polícia fiscal da Itália visitou funcionários de uma agência de compras italiana, a Invitalia. A agência tinha documentos de um pedido de 38 milhões de euros da Silk-FAW em financiamento público para erguer a unidade fabril.

“Eles vão ter que nos dizer se o projeto vai adiante… e, se isso acontecer, significa necessariamente que os recursos financeiros estão lá. Se o projeto está morto, eles só precisam nos dizer. Estamos claramente preocupados. Atualmente, os fluxos financeiros não estão à altura das necessidades. Esperamos ver um roteiro financeiro para tornar esse investimento sustentável.”, disse o Chefe do Governo Regional da Emilia Romagna, Vincenzo Colla, ao site, em uma entrevista há pouco mais de um ano.

A escolha teria sido pela cidade de Reggio Emilia, que começaria a produzir neste ano de 2023 na unidade, ou seja, a construção da fábrica teria que ter começado ao menos em 2021. No ano passado, autoridades da região já sabiam que, se o projeto continuasse, certamente deve sofrer com atrasos neste plano. Nessa mesma época de 2022, a Silk-FAW tinha confirmado o interesse de continuar com o projeto da fábrica na região e estava avançando internamente com o assunto.

No entanto, já passou mais um ano e o projeto agora finalmente foi descartado – ao menos para ser feito na Itália. O Hongqi S9 foi apresentado em 2021 e é equipado com motor 4.0 V8 Hybrid que desenvolve 1.400cv. Segundo a marca, ele acelera de 0 a 100km/h em 1,9 segundo e chega a velocidade máxima de 402km/h. A autonomia puramente elétrica é declarada em 40km. Agora, muito provavelmente, o projeto possa ser realocado para a China – isso se a marca ainda tiver interesse em produzir o S9.



Fotos: Hongqi / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv