Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv

Galaxy apresenta seu segundo produto, o sedã L6, que estreia como o primeiro sedã da linha e aparece com um motor híbrido plug-in com 1.370km de autonomia 



A Geely confirmou a estreia de um novo produto da linha Galaxy, que surge com o seu segundo produto, o primeiro sedã da linha. Batizado de L6, ele ficará posicionado abaixo do L7 e surge como um sedã híbrido plug-in (PHEV). A novidade foi antecipada por imagens de patente na China e expressa um design que lembra um pouco do utilitário esportivo que estreou a linha Galaxy, ainda no ano passado. Mecanicamente, toda a linha Galaxy conta com motores eletrificados, seja ele híbrido plug-in ou elétrico.

Em termos de design, o Galaxy L6 possui linhas limpas e com desenho mais aerodinâmico, que vai favorecer o seu desempenho em autonomia. Na dianteira, ele possui faróis com um desenho retangular e mais angular nas extremidades, conectados a uma grade dianteira em preto brilhante. Os faróis possuem projetores em LED e luzes diurnas (DRL) em LED, sendo uma parte superior com um desenho em ‘L’. Essas luzes DRL também estão presentes na grade dianteira, na parte superior, fazendo com que os faróis se conectem entre si.

A grade dianteira ainda possui pequenas aberturas de ar horizontais logo abaixo das luzes DRL da grade. O para-choque dianteiro possui um desenho limpo, com uma parte central praticamente lisa e com apenas o espaço para a placa. Nas extremidades laterais, o L6 substituiu os faróis de neblina por luzes diurnas em LED verticais conectadas a um acabamento em preto brilhante em ‘L’, conectado também com os faróis de neblina. Logo abaixo, o acabamento é em plástico preto. Estes ainda possuem um desenho que se conecta com as luzes DRL dos faróis.

A parte inferior do para-choque dianteiro possui uma única entrada de ar, trapezoidal, com barras horizontais e verticais. Essa entrada de ar é emoldurada por um acabamento em preto brilhante que possui um friso cromado em ‘L’ na dianteira. Acima da grade dianteira, ele possui o logotipo da Geely Galaxy, que é um pouco diferente da Geely. No capô, o L6 possui um par de vincos mais centrais e outro par de vincos, cada um deles mais nas extremidades da peça. As linhas do para-choque com o capô favorecem uma aerodinâmica, com linhas mais fluídas.



De perfil, o Galaxy L6 possui um vinco que nasce nas pontas dos faróis e terminem ainda na porta dianteira. A carroceria também possui um outro vinco que nasce na porta dianteira e termina nas linhas inferiores dos vidros laterais, enquanto outro vinco nasce na porta traseira e termina próximo das lanternas. As caixas de rodas também possuem vincos que definem as caixas de rodas e ajudam a alargar os para-lamas dianteiros e traseiros. Mas o mais marcante dos vincos está na parte inferior das portas, crescendo ascendentemente até as laterais do para-choque traseiro.

O desenho dos vidros laterais são ascendentes e acompanham o arco da carroceria, que tem um caimento levemente suave na traseira. A parte superior dos vidros ainda possui um friso cromado que termina na janela vigia do sedã, na coluna C. Ele possui bocal nos dois lados do para-lama traseiro, sendo um de recarga da bateria e outro de combustível. O L6 também possui maçanetas retráteis (pop-up) e com retrovisores com base nas portas, incluso com repetidores de setas. As rodas variam de 16 polegadas (205/55 R16), 17 polegadas (215/55 R17) ou 18 polegadas (235/45 R18).

Por fim, o teto conta com um enorme teto solar panorâmico, que se conecta do para-brisa até o vidro traseiro, conferindo uma ampla área envidraçada do sedã. Chegando na traseira, o L6 possui uma pequena tampa do porta-malas e uma lanterna horizontal que invadem as laterais e que também se conectam entre si por meio de uma barra em LED, inserida dentro de uma faixa em preto brilhante. Com iluminação em LED, as lanternas tem barras verticalmente inclinadas nas extremidades. A tampa do porta-malas possui um espaço para a placa, emoldurada por um vinco na parte superior e outro vinco na parte inferior.



Esse vinco inferior é aquele que nasce na parte inferior das portas e que se conectam com o outro lado da carroceria. No para-choque traseiro, o Galaxy L6 possui um outro vinco horizontal que fica acima de um acabamento em plástico preto que possui refletores que se conectam entre si por meio de um friso cromado. A parte inferior do para-choque traseiro possui difusores de ar com aletas verticais, sendo as aletas das extremidades com um acabamento cromado em ‘U’ invertido. Internamente, o L6 possui um design que se lembra muito com os últimos lançamentos da marca.

Destaque para o quadro de instrumentos com uma tela de 10,25 polegadas. O volante possui um desenho mais esportivo, com uma parte superior e inferior que são achatadas, com controles multifuncionais e um acabamento em couro preto e bege, além de detalhes em preto brilhante. O painel possui uma central multimídia vertical com uma tela de 13,2 polegadas, que se conecta diretamente com o console central. Esse console central possui uma tampa que reserva espaço para dois porta-copos. Atrás desse compartimento, está um carregador para smartphone por indução.

Atrás da tela da central multimídia, existe um espaço para mais um carregador por indução. O painel possui linhas horizontais por trás da tela da central. Existe uma faixa em preto brilhante que esconde as quatro saídas de ar-condicionado, sendo duas centrais (uma de cada lado da central multimídia) e outras duas nas extremidades, uma de cada lado. Cortando as saídas de ar-condicionado estão uma faixa em LED, com 256 cores personalizáveis, inclusive nos painéis das portas dianteiras e traseiras. O painel ainda se diferencia pela parte superior em preto e uma faixa em bege abaixo das saídas de ar-condicionado. Os painéis das portas têm linhas que se conectam com o desenho do painel, garantindo linhas modernas.



Assim como o painel, os painéis das portas possuem acabamento em couro bege na mesma altura que o painel. É possível ver ainda controles de retrovisores e dos vidros, além das maçanetas camufladas, inseridas dentro de um acabamento em preto brilhante. Você pergunta, onde está o câmbio automático? Fica na coluna de direção. Por fim, os bancos são chamados de ‘Marshmallow’, por ter uma almofada de 15 milímetros de espessura e o encosto possui 20 milímetros de espessura, com espaço para cinco ocupantes. No banco traseiro, ele possui ajuste de 270º. Já a central multimídia possui um chip Qualcomm Snapdragon 8155 e um sistema operacional Galaxy N OS.

A tecnologia permite um reconhecimento/interação de voz por inteligência artificial (IA). Desenvolvido a partir da plataforma modular e-CMA, com a carroceria feita de 72% de aço de alta resistência, o sedã tem 4,782 metros de comprimento, 2,752 metros entre os eixos, 1,875 metro de largura e 1,489 metro de altura. O porta-malas não teve uma capacidade revelada, mas possui um coeficiente aerodinâmico é de 0,26Cd, tanque de combustível de 60 litros e o peso varia de 1.680kg a 1.750kg, dependendo da configuração. Mecanicamente, o L6 é equipado com um motor 1.5 Turbo a gasolina que desenvolve 163cv e torque de 26,0kgfm junto de um motor elétrico.

Este motor elétrico desenvolve 145cv e 34,4kgfm, sendo um motor síncrono de ímã permanente. Juntos, os motores entregam 390cv e 54,5kgfm de torque, com uma transmissão de acionamento elétrico de frequência variável de 3 velocidades, chamada de DHT Pro. O sedã trabalha junto de uma bateria de fosfato de ferro-lítio (LFP) de 9,11kWh, que oferece uma autonomia puramente elétrica de 60km, ou com uma bateria de íons de lítio de 19,09kWh, que oferece uma autonomia puramente elétrica de 125km, ambos no ciclo CLTC.



De acordo com a Galaxy, o sedã possui uma autonomia híbrida de 1.320km com a bateria de 9,11kWh e 1.370km com uma bateria de 19,09kWh. Falando ainda nas baterias, elas podem ser carregadas em estações de recarga rápida que recuperam de 30% a 80% em 30 minutos ou em recarga lenta em 1h42. Com tração dianteira, o L6 possui uma suspensão dianteira McPherson e uma suspensão traseira multilink, com freio a disco ventilado na dianteira e disco sólido na traseira. Em termos de desempenho, o L6 acelera de 0 a 100km/h em 6,5 segundos e com velocidade máxima de 235km/h.

Em termos de eficiência energética, a Galaxy confirma que o sedã possui mecânica NordThor Hybrid 8848 que traz uma eficiência de 44,26%, com um consumo de 21,9km/l. Por fim, a Galaxy confirmou que o sedã tem os modos de condução: Pure Electric, Range-Extender, Smart e Performance. De série, ele será vendido com pacote ADAS de Nível 2, sistema automático de fragrâncias, bancos dianteiros aquecidos e ventilados, banco do passageiro é equipado com apoio para as pernas, sistema de som de 11 alto-falantes da Infinity, chave Bluetooth para telefones celulares e outros.

De acordo com a marca, ele será vendido com as cores Galaxy Color White, Shan Lanqing Green, Dark Amulete Purple, Dawn Grey, Morning Light White e Red Star. Por dentro, ele será vendido com três combinações de cores, como o Brown Galaxy, Black Starry Night e White Sky. Na China, ele será vendido com as versões Air, Plus e Max, com preços que variam de 103.800 a 149.800 yuans, de acordo com cada versão. O sedã é produzido na China, de onde ele será exportado para outros mercados além de abastecer o mercado interno. 






Fotos: Galaxy / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet terá Feirão de Fábrica neste final de semana em São Caetano do Sul e promoções

BMW lança novo Série 5 no Brasil, com versão híbrida 530e, que estreia por R$ 574.950

Porsche apresenta seu novo logotipo para comemorar os 75 anos de fundação da marca

Toyota investe mais R$ 160 milhões na fábrica de Sorocaba (SP) com novo Centro de Peças

Hongqi revela oficialmente a segunda geração do HS3 na China, com motor de até 252cv

BYD tem promoção 'DiaE' neste sábado, 22/06, com Dolphin por R$ 135.300, com bônus

BYD King é o batismo global do Destroyer 05 e chega para colocar Toyota Corolla na mira

GM confirma que carros compactos elétricos e lucrativos vão demorar um pouco mais

Toyota apresenta atualização para o catálogo de versões da Hilux, com fim da versão SRX