Polícia de Fernando de Noronha recebe uma unidade do Toyota Prius para fazer a patrulha!


A Polícia de Fernando de Noronha (PE) ganhou uma unidade do Toyota Prius para fazer a patrulha da ilha. Trata-se do primeiro híbrido a desembarcar por lá, sem causar impactos ao meio ambiente. O carro foi escolhido pela Secretaria de Defesa de Pernambuco para ser utilizado no patrulhamento do arquipélago de Fernando de Noronha, desde o início deste mês faz parte da frota da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), entidade responsável pela preservação do meio ambiente e dos recursos naturais da ilha, nada mais justo a escolha de um híbrido. Desde Abril deste ano, o Governo do Estado de Pernambuco já utiliza algumas unidades do Prius no patrulhamento e monitoramento das ruas da capital Recife, onde os carros foram cedidos pela Toyota em regime de comodato até Abril de 2015. O modelo usa a combinação dos motores 1.8 a gasolina que desenvolve 99cv e um elétrico, capaz de produzir 37cv de potência, totalizando 136cv de potência quando ambos estão operando em conjunto. No Brasil, o Prius tem preço de R$111.000.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290