Segunda geração do Porsche Panamera é revelado oficialmente e chega ao Brasil no início de 2017


A Porsche está apresentando a segunda geração do Panamera ao mundo. O sedã, depois de tantas especulações, flagras e projeções, enfim foi apresentada. Com visual mais agressivo e interior renovado, o cupê de quatro portas da marca premium alemã começa a chegar às lojas europeias em Novembro e ao restante do mundo nos meses seguintes. A primeira geração, lançada em 2009 já estava bastante desgastada e a segunda geração apresenta um design evolucionista e que fica próximo ao restante da linha. Ele fica bastante próximo dos novos 718 Boxster e 718 Cayman. Entre os destaque da nova geração estão o novo para-choque mais pronunciado e rodas maiores. O modelo ficou 35mm mais comprido, 5mm mais largo e 5mm mais alto que o anterior, sendo o que o ganho na distância entre-eixos foi de 30mm. O porta-malas foi o de maior destaque e ganhou 50 litros, ficando com uma capacidade de 495 litros. As novas entradas de ar e a grade frontal redesenhada dão um aspecto mais agressivo, enquanto a traseira ficou mais equilibrada com as lanternas interligadas por uma faixa com luzes de LEDs e novas (e grandes) saídas de escapamento, além do aerofólio retrátil. No interior as novidades ficam por conta do novo layout e de superfícies mais macias ao toque e há menores quantidades de botões.


O cluster agora tem novos mostradores com o conta-giros que remete ao lendário Porsche 356 A 1955 posicionado no centro. No interior, as novidades ainda ficam por conta da nova central multimídia de 7" polegadas para os ocupantes do banco traseiro, assim como a nova central multimídia de 12,3" polegadas instalada no painel. Ela possui conectividade com Android Auto e Apple Play Car e um avançado sistema de voz. Na mecânica, mais novidades: oferecido nas versões Panamera 4S, 4S Diesel e Turbo, todas disponíveis no lançamento. Os novos propulsores V6 e V8 foram cuidadosamente estudados para serem menores e montados em posição mais baixa, para reduzir o centro de gravidade. O 4.0 V8 Turbo com desativação de cilindros entrega 550cv de potência e 78,5kgfm de torque e acelera de 0 a 100km/h em 3,8 segundos (3,6 segundos com o Sport Chrono Pack) com velocidade máxima de 305km/h. Já o 2.9 V6 biturbo ganhou 20cv e foi a 440cv de potência. Este acelera de 0 a 100km/h em 4,2 segundos com Sport ChronoPack. Destaque da nova linha, o Panamera 4S Diesel é o carro a óleo mais rápido do mundo segundo a Porsche. O potente V8 desenvolve 422 cv e tem uma patada de 86,6kgfm de torque, que garante 0 a 100km/h em 4,3 segundos com máxima de 284km/h. Com tração nas quatro rodas e transmissão de dupla embreagem PDK com 8 velocidades, o novo Panamera pode ser adquirido com eixo traseiro direcional, compensação ativa de rolagem, controle dinâmico de condução esportiva (PDCC Sport) com torque vetorial para curvas e suspensão pneumática de três câmaras. A Porsche deve apresentá-lo no Salão do Automóvel de São Paulo de 2016 e o lançamento ocorre no início de 2017.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?