Sem muito sucesso e lançado em 2014, Lifan deixa de vender 530 no mercado brasileiro


E mais um para a lista de obituário nesse ano de 2018. Focando o seu desenvolvimento em SUVs, o que está em alta no país, a Lifan confirmou que deixa de importar o sedã compacto 530 ao Brasil. Lançado em 2014, o sedã sai de linha sem marcar o segmento de compactos, algo que já era esperado. Em quatro anos, o 530 vendeu apenas 3.025 unidades, sendo 2015 o seu melhor momento no país, quando emplacou 1.015 unidades. Depois disso, ladeira abaixo nas vendas, emplacando 817 unidades (2016), 626 unidades (2017) e até novembro ele emplacou 337 unidades nesse ano. Lançado como substituto do 620, o 530 era vendido com motor 1.5 16v VVT que rende 103cv de potência e um torque de 13,5kgfm de força, junto com um câmbio manual de 5 velocidades (Automático não deve fazer parte do 530, pelo menos no Brasil). Como todo chinês, o 530 deve vir bem equipado. Segundo a Lifan ele deve chegar com itens como airbags frontais, freio a disco nas quatro rodas com ABS, ar-condicionado manual, direção eletro-assistida, vidros, travas e retrovisores elétricos, sistema de som, rodas de liga-leve, faróis de neblina, dentre outros.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Ford traz novo lote da Ranger Raptor com mais equipamentos de série e custa R$ 466.500

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

Suzuki Invicto aparece na Índia como rebadge da Toyota Innova e espaço para até oito

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Toyota lança o RAV4 com motor híbrido plug-in (PHEV) de 306cv no Brasil, por R$ 399.990

RAM reajusta os preços da Classic e diminui os preços da picape em até R$ 35.000

Volkswagen T-Cross com reestilização chega ainda neste primeiro semestre de 2024

Nio revela primeiro teaser da sua nova marca, a Onvo, que estreia com o SUV elétrico L60

Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv