Bugatti chega a marca de 400 unidades do Chiron em pouco mais de seis anos em linha

Bugatti comemora a marca de 400 unidades produzidas do Chiron e cupê francês se encaminha para as 100 últimas unidades que serão fabricadas



A Bugatti comemorou a marca de 400 unidades produzidas do Chiron, de um total de 500 unidades que foram planejadas em seu lançamento, em 2016. O hiperesportivo foi produzido na unidade da Bugatti Automobiles, em Molsheim, na França. A unidade de número 400 foi uma da versão Super Sport, com detalhes da carroceria em fibra de carbono e com a cor verde escuro foi escolhida por seu proprietário.

“Cada peça do Chiron é uma obra-prima da engenharia, e reuni-la requer os especialistas mais dedicados e experientes do mundo. A simples instalação dos painéis de fibra de carbono sobre o chassi monocoque avançado requer um nível de precisão que somente os artesãos mais habilidosos possuem. Nosso processo de pintura ou acabamento é tão detalhado que, para obter o efeito desejado, são necessárias até oito camadas apenas na camada superior, cada uma polida para um acabamento espelhado perfeito, profundo e lustroso. Este nível de detalhe só pode ser alcançado com a combinação certa de paixão e experiência, e fazê-lo com um padrão tão alto de forma consistente em mais de 400 veículos e além é o que define a Bugatti.”, disse Christophe Piochon, Presidente da Bugatti Automobiles.

De acordo com a marca, para produzir o carro, a marca traz acabamento em fibra de carbono exposto nesta unidade, com uma série de designers e engenheiros mais qualificados do setor. Além da cor verde desta unidade, a marca ainda confirma que a unidade vem com rodas Super Sport Magnesium – leves e extremamente fortes – e uma tampa do motor com acabamento em um sutil tom Nocturne, enquanto toques de Fierce, que se misturam perfeitamente com os painéis de fibra de carbono escurecidos.

No interior, este cliente optou por uma combinação de estofos totalmente em pele dividida em Green e Beluga Black para os bancos. Em outros lugares, Beluga Black domina o interior, sutilmente realçado com toques como a parte superior e inferior do volante em fibra de carbono nua e as peças de acabamento interno Black Anodized; um acabamento elegante que desmente seu complexo método de criação. Equipado com o teto opcional Sky View, o interior deste Chiron Super Sport é inundado por luz natural, revelando a intrincada habilidade artesanal de cada detalhe.

O modelo é equipado com motor 8.0 W16 quadriturbo (com quatro turbos), ele entrega 1.600cv e 163,1kgfm de torque, acoplado a um câmbio automático de dupla embreagem de 7 marchas. A sétima marcha é passada aos 403km/h! O carro recebeu mudanças nos turbos, bomba de óleo, cabeçotes, eixos de comando, transmissão e embreagem. Visualmente, o carro contou apenas com novas rodas de cinco aros em formato de “Y”, em preto.





Fotos: Bugatti / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho