BMW lança o i7 no mercado brasileiro com preço de R$ 1.282.950, elétrico e com muito luxo

BMW lança a nova geração do Série 7 no Brasil apenas com sua versão elétrica, o i7, que estreia como o sedã mais luxuoso da marca em nosso mercado



A BMW está lançando a nova geração do Série 7 em nosso mercado já sinalizando para o seu futuro eletrificado. Isso acontece porque a marca alemã decidiu que vai apostar apenas em sua versão puramente elétrica em nosso país, o i7. O sedã estreia ainda como o mais luxuoso três volumes da marca no Brasil, apesar de chegar apenas em versão única, a xDrive60. Esta versão traz um motor duplo, um para cada eixo, que juntos entregam 544cv e muito luxo.

Em termos de design, a nova geração do sedã desembarca em nosso mercado com linhas que vão causar um certo ‘ame ou odeie’ – prática que já aconteceu com outras gerações do Série 7, como a quarta geração do sedã. Na dianteira, ele possui faróis divididos em dois andares, com a parte superior com luzes diurnas (DRL) em LED e com luzes de setas (chamados pela marca de Crystal Swarovski Iconic Glow), enquanto a parte inferior possui faróis com tecnologia Matrix LED, que contribuem bastante para a condução noturna, oferecendo uma boa iluminação.

A grade dianteira, assim como nos últimos lançamentos da BMW, é grande e possui barras verticais, apesar de ser fechada. O entorno da grade do elétrico ainda é iluminada. O logotipo da BMW fica logo acima da grade, num espaço entre o duplo rim da grade dianteira. O para-choque dianteiro ainda possui linhas bem vincadas, que se destacam por trazer uma entrada de ar inferior que se conecta com a base dos faróis principais, em um acabamento em preto brilhante. Nas extremidades desse acabamento, ele possui entradas de ar em posição vertical, logo abaixo dos faróis principais, em preto brilhante.



Há alguns vincos na parte inferior e nas extremidades laterais do para-choque dianteiro. O capô possui linhas vincadas ao centro, com um par de vincos que formam um ‘V’, de onde está o logotipo e nasce a partir da grade. Há vincos mais suaves nas extremidades do capô. Visto de lateral, percebe-se que o capô é relativamente longo e com linhas aerodinâmicas, dando ao novo Série 7 um desenho de traços mais retilíneos. As janelas recebem linhas mais retas também, contando com um contorno preto brilhante, enquanto as maçanetas são embutidas na carroceria, mas não são escamoteáveis – também em preto brilhante.

Os retrovisores tem base na coluna das portas, com repetidores de setas. Ainda em seu perfil, também se destaca os vincos da carroceria. Destaque fica por conta de uma linha que nasce quase na sequência dos faróis superiores e cortam toda a lateral, chegando até as lanternas. Existe vincos nas caixas de rodas também, onde os vincos ajudam os para-lamas a serem um pouco mais alargados, enquanto a parte inferior da carroceria possui um vinco que começa no para-choque dianteiro, passa pelas portas e chega ao para-choque traseiro.

O terceiro volume ainda é bem definido e as rodas são de 21 polegadas, calçadas com pneus 285/35 R21 – tendo um acabamento escurecido. A partir das saias laterais, ele também tem um acabamento em preto brilhante, que se conecta no para-choque traseiro. No teto, a BMW traz um teto solar panorâmico e a antena é estilo barbatana de tubarão. Visto de traseira, talvez esteja seja o ponto mais próximo em relação à geração anterior do sedã. As lanternas são horizontais, invadem a tampa do porta-malas e contam com iluminação em LED, em estilo em ‘L’, com detalhes em preto brilhante e cromado.



A tampa do porta-malas traz o logotipo da marca entre as lanternas e há um friso horizontal abaixo das lanternas. Ele também possui um discreto aerofólio na própria tampa do porta-malas, exclusivo do pacote M Sport. No para-choque traseiro, o Série 7 elétrico possui um acabamento em preto brilhante em toda a parte inferior, com refletores verticais nas extremidades deste acabamento e com um friso cromado na parte inferior. Entre o acabamento preto brilhoso está o espaço da placa e, ao centro e abaixo, está a luz de ré. No interior, o novo Série 7/i7 possui um salto em termos de tecnologia.

Ele passa a ser vendido com o BMW Live Cockpit Professional, formado por uma tela curvada que divide o quadro de instrumentos e a central multimídia. A primeira tela tem 12,3 polegadas e a segunda possui 14,9 polegadas, sendo essa última com conectividade com Apple CarPlay e Android Auto para os passageiros do banco dianteiro. O sedã ainda possui um revestimento em couro Merino na cabine, com acabamento com detalhes em alumínio e um sistema de som assinado pela Bowers & Wikins (que traz 36 alto-falantes e quatro desses alto-falantes estão integrados ao forro e todos os 36 oferecem uma função de áudio 4D), de 2.000W de potência.

O painel ainda possui um volante de base inferior achatada, de dois raios e com controles multifuncionais em preto brilhante, além de contar com detalhes prateados. O sedã também traz uma faixa que percorre todo o painel. Nela, conta com um sistema de iluminação personalizável e que, ao centro dessa faixa, possui alguns dos poucos controles por botões do interior do i7. Até mesmo as saídas de ar foram cuidadosamente adicionadas com formatos bem discretos em pequenos retângulos dentro desta faixa iluminada. 



Há também controles que, opcionalmente, podem ser de cristais para regulagem dos bancos e seletor das marcas ou até mesmo controlar a central multimídia, aumentando o requinte do interior. No banco traseiro, onde a maioria dos donos do Série 7 vão se sentar o sedã passa a contar com poltronas, com bancos que trazem até nove programas de massagem. As portas também possui telas com diversas funções do veículo através de duas telas, de 5,5 polegadas cada uma, posicionadas próximas aos puxadores de porta. Os bancos traseiros são chamados de poltronas pela marca e possuem diversos tipos de regulagem – até mesmo massagem para os ocupantes.

O passageiro atrás à direita, lado oposto ao do motorista, ainda conta com o modo “primeira classe”, no qual o assento se reclina e estica, enquanto o banco da frente se recolhe ao máximo, possibilitando uma posição extremamente confortável. Outro grande destaque é o BMW Theater Screen, uma tela de 31 polegadas para entretenimento dos ocupantes do banco traseiro. Quando acionada, a tela fica posicionada logo atrás dos encostos dos bancos dianteiros, fazendo com que os ocupantes da segunda fileira de bancos possa acompanhar séries, filmes e vídeos, podendo conectar com plataformas de streaming, como Netflix e HBO, por exemplo.

Segundo a BMW, a tela fica “logo atrás do encosto de cabeça dos bancos dianteiros. Dessa forma, os assentos traseiros do sedã se transformam em uma sala de cinema digna dos shoppings mais luxuosos do país. Com resolução 8K, o sistema é equipado com Amazon Fire TV, que possibilita a utilização de diversos aplicativos de streaming a bordo para assistir filmes, séries e vídeos”, disse a marca. A tela ainda possui um pacote de dados de 20GB ao mês, com duração de um ano. Equipado com tecnologia 5G, ele permite que o sedã rapidamente possa fazer o download e deixar em nuvem para os ocupantes assistirem off-line.



Desenvolvido a partir de uma plataforma modular chamada de CLAR, o i7 possui 5,391 metros de comprimento, 3,215 metros entre os eixos, 1,950 metro de largura e 1,544 metro de altura. O sedã também possui um porta-malas de 500 litros de capacidade, um peso de 2.640kg e uma altura em relação ao solo de 13,6 centímetros. Na mecânica, o i7 vem apenas com a versão xDrive60, equipada com dois motores elétricos, um em cada eixo (258cv no dianteiro e 313cv no traseiro), que juntos desenvolvem 544cv e 75,8kgfm. De acordo com a BMW, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,7 segundos e velocidade máxima de 240km/h.

Contando com bateria de 101,7kWh, ele possui uma autonomia de 479km no ciclo PBEV do InMetro ou 625km no ciclo WLTP. Podendo ser recarregado em estações de até 350kW, o sedã recupera a autonomia rapidamente. Em estações de 195kW, o i7 recupera 170km de autonomia em apenas 10 minutos. Ele também pode recuperar de 10% a 80% em apenas 34 minutos. Em nosso país, a BMW confirma que ele será o primeiro a vir de série com três carregadores totalmente gratuitos. São dois WallBox, sendo um o BMW WallBox de 22kW e o FlexCharger de 11kW.

Os clientes que adquirirem as primeiras unidades ganharão duas instalações podendo escolher entre instalar o BMW Wallbox ou fazer uma adaptação de tomada industrial para o Flex Charger. Vendido com o pacote M Sport, a versão xDrive60 M Sport será vendida no país com sete opções de cores: Branco Alpino, Preto Safira, Cinza Sophisto, Branco Mineral, Cinza Oxide, Cinza Brooklyn e Vermelho Aventurine e cinco opções de acabamento interno em Couro Merino: Tartufo, Smoke White, Preto, Mocha e Amarone. Aqui, ele quer fisgar consumidores do Mercedes-Benz EQS, seu maior rival em nosso mercado.



i7 xDrive60 M Sport

De série, ele será vendido com Driving Assistant Professional (que permite uma condução autônoma de Nível 3), que engloba uma série de assistentes, como controle adaptativo de velocidade viagem (ACC) e o Lane Keeping Assistant, que são capazes de manter o carro na estrada com extrema precisão sem interferências do motorista, mesmo em situações de parar e andar, comuns em congestionamentos. Há ainda o Parking Assistant Plus, onde o i7 estaciona 100% sozinho. As manobras podem ser feitas pela tela do sistema multimídia e por meio das câmeras. Há ainda alertas visuais e sonoros, de condições de tráfego cruzado, riscos de colisão traseira, mudanças involuntárias de faixa de rolamento e controle e prevenção de aproximação frontal, entre outras funções. Com conexão 5G, o i7 tem um conjunto de funcionalidades acessível por meio de um chip conectado à internet, como condições de trânsito em tempo real, serviço de alerta de manutenção de componentes (Teleservices), serviços de Concierge, como reservas de hotéis e recomendações sobre restaurantes e chamada de Emergência Inteligente, Intelligent Personal Assistant (IPA, o novo i7 ganhou skills para interagir de forma ainda mais natural com seus ocupantes, já que o sistema permite interação, por voz, com o próprio carro de forma natural para ativar diversas funções do veículo, como por exemplo, o controle de temperatura, as luzes, a mídia, modos de experiência e abertura de janelas, o outro transforma o ambiente do interior de acordo com o humor do proprietário, tudo por voz e o My BMW App. Com ele, é possível ativar funções remotas, como localizar o veículo, trancar e destrancar o carro, acender os faróis, e acionar a ventilação do carro, e ainda é possível visualizar o 3D View. Além disso, com o My BMW App é possível verificar o status do carro, caso tenha alguma porta ou janela aberta, ter informações sobre a quilometragem, o nível de combustível, manutenções e serviços necessários, localizar e fazer contato com concessionários, mensagem de check control como, fluído de freio ou óleo do motor, e ainda, receber notificações a cada atualização remota de software (Remote Software Upgrade), chamado também de Remote Control Parking. Por meio do aplicativo My BMW, você pode sair do seu veículo antes de estacioná-lo na vaga desejada e com um simples clique no aplicativo, o veículo é estacionado de forma fácil e remota na vaga de estacionamento. Há ainda a experiência de escolher trilhas que o carro emite ao acelerar com o BMW IconicSounds Electric, com músicas compostas pelo renomado compositor Hans Zimmer e chave Digital Key Plus, sistema de chave virtual, compatível com iPhone e smartphones Samsung Galaxy, que dispensam a chave física e facilitam o acesso ao carro exclusivamente com o celular. 



Preço

  • BMW i7 xDrive60 M Sport – R$ 1.282.950 





Fotos: BMW / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv