Crescem os rumores da vinda da Cadillac ao Brasil nos próximos anos, com elétricos

GM pode trazer a Cadillac ao Brasil como forma de aumentar lucratividade com produtos premium, mercado que a norte-americano não tem presença aqui



Muita gente confunde General Motors (GM) com Chevrolet no Brasil. Isso acontece porque a GM possui apenas a Chevrolet no Brasil. Mas a GM é um grupo, assim como a Stellantis é. Por ser um grupo, ela possui marcas, como a Chevrolet, GMC, Buick, Cadillac e a BrightDrop. Ao mesmo tempo, a GM estuda a vinda de uma nova marca ao nosso mercado com a Cadillac. A clássica marca premium norte-americana pode aterrissar oficialmente em nosso país como uma forma de aumentar a lucratividade com produtos de valor agregado.

E não é de hoje que existem rumores sobre a vinda da Cadillac ao Brasil. Especialmente com a gama de elétricos da marca, que vem crescendo rapidamente. Com elétricos, a GM poderia facilitar a vinda da marca, por não ter muita homologação dos motores a combustão. Com o mercado premium tendo cerca de 150.000 unidades vendidas ao ano, a GM vê a possibilidade de entrar nesse mercado – onde ela, a GM, tem zero de participação. “A eletrificação traz outra perspectiva para a GM na América do Sul, principalmente em função dos veículos, tecnologias e serviços que desenvolvemos globalmente. Estamos avaliando novas oportunidades”, disse Santiago Chamorro, Presidente da GM América do Sul, em entrevista ao Mobiauto.

Chamorro ainda foi perguntado se essa entrada de mercado seria com uma marca com inicial ‘C’. O executivo disse que “não só essa. E temos brinquedos muito legais dentro dessa categoria”, disse ao Auto+. Aqui, o Lyriq (abaixo) seria o produto mais certeiro da marca no momento. A marca apresentou recentemente o sedã de luxo Celestiq, outro modelo elétrico. Em breve, a marca apresenta o Optiq, um SUV menor que o Lyriq e que também é elétrico. Em 2022, Chamorro novamente falou sobre a vinda de marcas premium ao nosso país. Na época, o executivo disse que esse mercado representava 2,5% do total em vendas.

“O segmento de luxo representa mais ou menos 2,5% do mercado total. Não é muito grande, mas são cerca de 130 mil unidades que todos os anos, de forma bastante resiliente ao ciclo econômico, se mantém, nesse nicho. Hoje nós não estamos aí, mas amanhã... Por que não?”, disse, na época. Aqui, a GM poderia facilmente erguer uma rede de concessionárias próprias para a Cadillac. O Lyriq é desenvolvido sobre a base Ultium, ele possui bateria de 100kWh e com um motor de eixo traseiro que desenvolve 345cv e torque de 44,8kgfm. O SUV ainda pode receber uma versão AWD no futuro.

Esta possui o motor traseiro ganha a companhia de um motor elétrico dianteiro. Juntos, eles entregam 507cv e 62,1kgfm, acelerando de 0 a 100km/h em 4,6 segundos, máxima de 210km/h e autonomia de 608km – graças a bateria de 95,7kWh. Por aqui, poderia ser concorrente do Audi e-tron, numa faixa de preços na casa dos R$ 550.000. Já o sedã Celestiq tem 608cv e 88,4kgfm de torque e a uma tração AWD. Com esse conjunto, ele acelera de 0 a 100km/h em 3,8 segundos. A autonomia será de 483km com apenas uma carga, oriundo de uma bateria de 111kWh.



Fotos: Cadillac / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet terá Feirão de Fábrica neste final de semana em São Caetano do Sul e promoções

BMW lança novo Série 5 no Brasil, com versão híbrida 530e, que estreia por R$ 574.950

Porsche apresenta seu novo logotipo para comemorar os 75 anos de fundação da marca

Toyota investe mais R$ 160 milhões na fábrica de Sorocaba (SP) com novo Centro de Peças

Hongqi revela oficialmente a segunda geração do HS3 na China, com motor de até 252cv

BYD tem promoção 'DiaE' neste sábado, 22/06, com Dolphin por R$ 135.300, com bônus

BYD King é o batismo global do Destroyer 05 e chega para colocar Toyota Corolla na mira

GM confirma que carros compactos elétricos e lucrativos vão demorar um pouco mais

Toyota apresenta atualização para o catálogo de versões da Hilux, com fim da versão SRX