Salão de São Paulo 2018 | Fazendo parte dos 13 lançamentos, Audi confirma Q8 e e-tron para 2019


A Audi confirmou no Salão de São Paulo que deve lançar Q8 e e-tron no mercado brasileiro em 2019. A dupla de SUVs de luxo deve ser lançada no decorrer do ano que vem, chegando ainda no primeiro semestre o Q8 e o e-tron desembarcando até o final do ano que vem. Usando a plataforma modular MLB EVO, o Q8 ousa no design e antecipa a nova linha dos novos SUVs da Audi, com faróis em Matrix LED com LEDs diurnos. A grande grade dianteira hexagonal deixa o design bem robusto, enquanto o para-choque dianteiro possui protetor metálico. Na traseira, o Q8 se destaca pelas lanternas que se interligam com uma faixa preta. As lanternas possuem tecnologia OLED e possui frisos verticais, enquanto um feixe de LED ligam as duas lanternas. O para-choque traseiro possui um elemento vazado para os sensores de estacionamento, enquanto existe também falsas saídas de escape. O Q8 possui 4,99 metros de comprimento, 2,99 metros de entre-eixos e porta-malas que varia de 605 a 1.775 litros de capacidade. No interior, destaque para o quadro de instrumentos com tela de 12,3 polegadas e uma central multimídia com tela de 10 polegadas no painel. Com plataforma rica em alumínio, o SUV possui 15% de sua estrutura com o material, sendo 14,4% de aços de alta resistência. Ele deve ser vendido apenas com o motor 3.0 V6 TFSI de 340cv e 51kgfm, acoplado ao câmbio automático de 8 velocidades. Já o e-tron é o primeiro carro 100% elétrico da Audi e diferente do que se imaginava, ele não segue a identidade “Q” de SUVs da marca das argolas. Ele conta com 4,90 metros de comprimento, 1,93 metro de largura e 1,66 metro de altura, ficando entre o Q5 e o Q7, podendo ser chamado de Q6, caminho não escolhido pela Audi. Ele conta com dois motores elétricos com baterias de 95kWh, que permitem ao e-tron rodar 402km de autonomia, mas sem definir o padrão, europeu ou norte-americano. Os motores elétricos impulsionam cada um, um eixo diferente do carro. Juntos eles desenvolvem 365cv de potência e 67,3kgfm de torque, podendo chegar a 414cv de potência com o OverBooster. Segundo a Audi, ele acelera de 0 a 100km/h em 6 segundos e tem a velocidade máxima limitada eletronicamente a 200km/h. Segundo a Audi, ele conta com sistema de recarga rápida com carregadores de 150kW, que permite 80% da bateria ser recuperada em apenas 30 minutos. No design, o SUV se destaca por trazer grade dianteira quase que decorativa e cheia de cromados, com para-choque dianteiros com linhas expressivas, conjunto óptico de Full LED, enquanto nas laterais o destaque fica para as rodas de 21 polegadas, sem deixar de lado o seu lado esportivo com as pinças de freio na cor laranja. Na traseira, as lanternas de LEDs que se interligam são o destaque, enquanto o para-choque traseiro um design mais limpo. No interior, ele possui teto solar panorâmico e ele não conta com retrovisores externos convencionais e sim câmeras digitais de alta resolução.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv