GM encerra parceria com Nikola para produzir Badger e retira depósito e cancela compra de ações


A Nikola parece estar com problemas bastante sérios com a sua picape Badger. Isso porque, chegou ao fim a parceria com a General Motors, o projeto corre o risco de ser cancelado se nenhuma outra montadora quiser ajudar no desenvolvimento. Pelo menos é isso que o MOU (memorando de entendimento) com a GM, disse. A Nikola ainda poderá ter acesso à tecnologia de carros movidos a células de combustível Hydrotec da GM, mas todos os depósitos de reserva para a Nikola, dados pela GM, serão reembolsados. A Nikola ainda deve confirmar que se interessa pelo uso das baterias Ultium do grupo, mas apenas para veículos de classe 7 e 8 (caminhões). Vale destacar que esse novo memorando da Nikola não é vinculativo, mas deve exigir negociações e "execução da documentação definitiva aceitável para ambas as partes". O mesmo memorando confirmou que a Nikola não terá mais a GM como participante acionária, o que significa e que nenhuma parte do antigo acordo deve ser validado. A GM ainda confirma, entrelinhas, que não quer nenhuma parte da Nikola, em termos de ações. Se isso é prejudicial para a Nikola, fica ruim também para a GM. Depois dos indícios de fraude. O CEO da marca, Trevor Milton, então CEO da Nikola Motors, foi acusado num escândalo que dizia que a marca estaria muito avançada em seu desenvolvimento com o hidrogênio, que levou até mesmo a General Motors a fechar uma parceria com a marca. De acordo com informações, Milton renunciou ao cargo de CEO da marca ao ter inflado o progresso da marca para atrair investidores e potenciais clientes. As acusações vieram da Hindenburg Research, que acusou Milton e a Nikola de mentirem sobre o nível de desenvolvimento da picape Badger. Na época, a GM tinha mantido a parceria e tinha confirmado que tinha realizado diligências necessárias para se envolver com a Nikola, mas parece que deve ter deixado isso passar em branco. 



Fonte: Autoblog

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BYD lança oficialmente o Song Pro no Brasil, com motor de até 235cv e por R$ 189.800

Volvo lança promoção do EX30 no Brasil, além de condições para XC40, C40, XC60 e XC90

Baojun apresenta a chegada do Yunduo na China, o concorrente direto do BYD Dolphin

Volkswagen registra imagens de patente do ID.7 S na China, que será da joint-venture SAIC-VW

Iveco lança o eDaily no Brasil, contra o Ford E-Transit, em três versões e parte de R$ 549.000

Renault lança promoção em julho no Brasil para quase toda a linha, inclusive com elétricos

BYD lança promoção '48 Horas Eletrizantes' e tem condições até o final deste mês

JAC Hunter é uma das apostas da marca chinesa para este segundo semestre no Brasil

Peugeot lança o novo E-2008 no Brasil, elétrico que chega com melhorias e um motor de 158cv

Kia confirma que vai manter os preços no Brasil mesmo com aumento da alíquota de IPI