Zagato apresenta o Mostro Barchetta, que estreia com opção de motor 4.2 V8 ou 3.0 V6


Foram necessários sete anos para a Zagato apresentar a versão conversível do Mostro, que é apresentado como Mostro Barchetta. Ele é inspirado no design do clássico Maserati 450 S Coupe Zagato de 1957 de Le Mans. Visualmente, como se trata de uma versão sem teto, o Barchetta foi apresentado com poucas diferenças em relação ao cupê. Além de eliminar o teto, o carro passa a contar com uma traseira redesenhada, que se destaca por trazer linhas mais elegantes. As novidades ficam por conta de duas saliências da carroceria atrás dos bancos, além de um novo desenho para a parte da traseira, com dois ressaltos que nascem a partir das saliências dos bancos. Fora isso, ele mantém suas linhas com faróis ovalados e uma grade dianteira igualmente ovalada e com o logotipo da Maserati. No para-choque dianteiro ele ainda traz saídas de ar nas extremidades. Visto de lateral, se percebe o quão longa é a sua dianteira, enquanto as portas ficam bem mais próximas do eixo traseiro. As rodas são multiraiadas e com 19 polegadas, com pneus 255/40 R19 na dianteira e 295/35 R19 na traseira, acompanhado de freios AP Racing. De traseira, ele possui lanternas horizontais e uma traseira arredondada, com um para-choque traseiro que possui um extrator com o nome Zagato e refletores redondos nas extremidades. 



No interior, o esportivo tem linhas bem simples, com mostradores analógicos e volante de base superior e inferior achatada. Há ainda um acabamento em preto com detalhes em marrom. De acordo com a Zagato, o esportivo foi desenvolvido a partir de uma estrutura em fibra de carbono chamada de MonoCell, subchassi traseiro de aço onde se aloja a suspensão traseira e o escape. O Mostro Barchetta se destaca por vir com suspensão dianteira e traseira com dupla forquilha e amortecedores ajustáveis. Na mecânica, ele é equipado com motor 4.2 V8 que desenvolve 420cv de potência. A novidade fica por conta da opção de equipar o Mostro com o novo motor desenvolvido pela Maserati, o Nettuno, formado pelo 3.0 V6 biturbo, batizado de Nettuno, que desenvolve 630cv de potência com torque de 74,5kgfm. O motor em “V” será construído com um ângulo de inclinação de 90º. De acordo com a Zagato, ambos os motores possuem uma distribuição de peso ideal de 50/50 e pesa 1.200kg. O esportivo ainda possui uma tração traseira e em ambos os casos, o câmbio é um manual de 6 marchas. Enquanto o Zagato Mostra foi produzido com apenas 5 unidades, a Zagato não confirmou quantas unidades serão produzidas do Mostra Barchetta.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR