Toyota Group apresenta Lexus UX 300e, Toyota Mirai e Toyota RAV4 Prime no Brasil em evento


A Toyota apresentou suas tecnologias no mercado brasileiro. A marca apresentou as quatro fórmulas de eletrificação que a marca tem no mundo. Com isso, foram apresentados o Corolla Cross (híbrido, HEV), RAV4 Prime (híbrido plug-in, PHEV), um Lexus UX 300e (elétrico, BEV) e o Mirai (movido a células de hidrogênio, FCEV). A apresentação aconteceu na 17ª edição do Veículo Elétrico Latino-Americano, que aconteceu no Expo Center Norte, na cidade de São Paulo (SP). Essa é a primeira vez que o Mirai é apresentado ao público brasileiro. Atualmente, a marca é líder de vendas deste tipo de veículo no mercado global, tendo atingido, no começo deste ano, a marca de 20 milhões de unidades comercializadas de veículos eletrificados desde 1997, quando a Toyota lançou o Prius mundialmente. Como resultado, estima-se que esses veículos promoveram uma redução aproximada de 160 milhões de toneladas de CO² emitidas na atmosfera. Antes de participação do evento, a Toyota apresentou a sua gama de modelos eletrificados em Sorocaba (SP), onde também apresentou o Prius (híbrido plug-in, PHEV, também chamado de Prime assim como o RAV4). Esse Prius plug-in nunca foi vendido no mercado brasileiro. Ele possui até um design diferente do Prius híbrido (HEV) que tivemos no país. "Estamos aqui para que todos os atores dentro desta agenda de discussão da construção do processo de descarbonização conheçam as tecnologias. Porque cada uma delas tem vantagens mas também tem alguns desafios. E parte dessas vantagens e desafios tem a ver com o nível de desenvolvimento de infraestrutura e também de certo nível de investimento, tanto do setor público quanto do setor privado", disse Rafael Chang, Presidente da Toyota do Brasil. Corolla e Corolla Cros trazem o 1.8 16v Hybrid Flex (primeiro híbrido bicombustível do mundo) que desenvolve 101/98cv de potência com etanol e gasolina que oferecem 14,5kgfm de torque junto de um motor elétrico de 72cv e 16,6kgfm. Juntos, eles desenvolvem 123cv de potência, associado a um câmbio automático CVT sem correias, mas com planetária, dois motores elétricos e gerenciamento eletrônico, com cinco modos de condução: EV (puro elétrico), Eco, Drive e Sport, além do Brake Force, usado como freio-motor. 



Já o Prius Prime traz o motor 1.8 16v a gasolina que desenvolve 99cv de potência aliado a um elétrico que percorre 36km no modo EV. A velocidade máxima é de 135km/h. As baterias de lítio são de 8,8kWh e podem ser carregadas em 5,5 horas numa tomada convencional e na metade do tempo em uma de 240V. Quando os motores trabalham junto, a autonomia é de bons 965km. Já o RAV4 Prime une o motor 2.5 16v a gasolina que desenvolve 178cv de potência junto a dois novos motores elétricos de 83cv, com baterias de íons de lítio. Com isso ele chega aos 306cv de potência e acelera de 0 a 100km/h e 5,8 segundos. O motor elétrico tem autonomia de 63km. O consumo é de 31,8km/l, de acordo com a Toyota. A potência extra vem justamente dos novos motores elétricos, que entra em ação apenas em momentos específicos, como terrenos de baixa aderência ou no caso de curvas para otimizar a estabilidade. O Lexus UX elétrico se destaca por vir com motor elétrico que desenvolve 204cv de potência e 30,6kgfm de torque. A bateria é de 54,3kWh e é capaz de conferir uma autonomia de 402km ao SUV, no ciclo NEDC. O ciclo europeu WLTP a autonomia é um pouco menor: 299km. Segundo a marca, ele acelera de 0 a 100km/h em 7,5 segundos e tem velocidade máxima de 160km/h. O Mirai, com uso de tecnologia mais distante da nossa realidade, tem novas pilhas de células de combustível, onde o hidrogênio é transformado em energia. Com esse, ele desenvolve 180cv de potência e torque de 30,5kgfm. A Toyota afirma que o modelo acelera de 0 a 100km/h em 9,2 segundos. Com uma distribuição de peso 50/50 e baixo centro de gravidade, o modelo possui uma autonomia de 650km, um ganho sobre a autonomia de 502km do modelo anterior. O cilindro de hidrogênio foi reduzido de 49,6kg para 44,6kg. A marca quer provar que a eletrificação não necessariamente precisa ser com um carro puramente elétrico, apesar do mundo todo estar trabalhando para isso. A apresentação dos carros no Brasil, que não são vendidos aqui, também não foram confirmados para serem vendidos no país. 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok