Wuling apresenta o Hongguang Mini Cabrio EV, que estreia no Salão de Chengdu, na China

Wuling apresenta a versão conversível do Hongguang Mini EV, o Cabrio, que faz sua estreia no Salão do Automóvel de Chengdu com motor de 40cv 



A Wuling apresentou as primeiras imagens do Hongguang Mini Cabrio EV no Salão do Automóvel de Chengdu, na China. O pequeno conversível chega depois de um grande interesse por parte dos consumidores no conceitual hatch conversível apresentado em 2021. Agora, a versão de produção vai estrear na China e o consumidor que tiver o conversível será muito sortudo.

Isso porque a Wuling confirmou que a produção mensal da versão sem teto terá produção limitada entre 100 a 200 unidades. Apenas em 2021, o Hongguang vendeu mais de 426 mil unidades na China, ou seja, é um sucesso comercial. Os interessados no hatch conversível terão que entrar em um sorteio onde serão escolhidos 200 consumidores para compor a fila de espera pelo Cabrio. Cerca de 113 mil interessados já querem o conversível, ou seja, será uma imensa fila de espera.

Junto ao Smart ForTwo Cabrio, o Hongguang Mini Cabrio se torna um dos menores carros conversíveis do mundo. Visualmente, as diferenças ficam por conta do teto. Ele ganha teto de lona, enquanto o vidro lateral também é novo, com um desenho mais ovalado. A traseira também recebe novidades com um novo deque na traseira. A parte inferior dos vidros tem um acabamento cromado que chega ao deque, que se abre para guardar o pequeno teto de lona.



Atrás dos bancos, o hatch ainda ganha uma proteção para a cabeça, em caso de capotamento. O recurso é usado em todos os carros conversíveis. O interior ganha a opção de vir com acabamento em vermelho. Fora isso, é o mesmo painel do hatch. O Hongguang Mini Cabrio EV possui uma estrutura feita em 65% de aço de alta resistência e deve ter recebido melhorias em sua estrutura para se tornar um conversível, algo que também é tradicional nesse caso.

De série, ele pode ser equipado com uma lista bem cheia de equipamentos, como airbag duplo, ar-condicionado, quadro de instrumentos com tela digital, assistente de partida em rampa, câmera de ré e o APP LING Club. Este permite que o motorista tenha acesso a localização do conversível, assim como a abertura e fechamento inteligente de portas, diagnóstico, recarga inteligente e outros.

O carro conta com 2,997 metros de comprimento, 2,010 metros entre os eixos, 1,493 metro de largura e 1,604 metro de altura. Com mais espaço para os ocupantes, o carro possui uma bateria de 26,5kWh que vai permitir uma autonomia de 280km. O carro ainda possui um motor elétrico mais potente, que desenvolve 41cv de potência. Isso significa um aumento significativo da autonomia, já que antes oscilava entre 120km e 170km. No entanto, a marca chinesa não confirmou ainda este dado. A velocidade máxima é de 100km/h.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv