Honda interrompeu a produção em Itirapina (SP) por falta de chips e atrasou HR-V Turbo

Honda ficou 19 dias sem produzir na fábrica de Itirapina em outubro passado, sendo novamente por falta de semicondutores para a produção



A Honda confirmou que foi afetada mais algumas vezes por falta de semicondutores no Brasil. Em outubro passado, a marca sofreu com a falta de semicondutores que fez com que a japonesa ficassem sem produzir automóveis entre 3 a 23 de outubro do ano passado. A produção já seria afetada entre os dias 15 a 23 de outubro por conta da falta do componente, mas a parada teve que ser ampliada e os dias 3 a 14 de outubro foram adicionados.

Com isso, a unidade de Itirapina (SP) ficou 21 dias sem produzir veículos no país. "O desabastecimento de semicondutores, que afeta a indústria de maneira global, segue impactando as operações da Honda no Brasil. Por esse motivo, a Honda Automóveis definiu a suspensão da produção de sua fábrica de Itirapina entre os dias 15 e 23 de setembro e 3 e 14 de outubro", disse a marca em comunicado ao site Automotive Business.

A parada na unidade de Itirapina foi a responsável por atrasar a chegada do HR-V Turbo ao mercado. Mesmo assim, a marca conseguiu lançar a versão ainda no mês de outubro, onde chegou no dia 24 de outubro. O HR-V com motor 1.5 Turbo Flex para o HR-V. Chamado de 1.5 DI VTEC Turbo Flex, o motor entrega 177cv e 24,5kgfm, sendo acoplado a um câmbio automático CVT. O câmbio CVT, de relação continuamente variável, reconhecido pela confiabilidade, robustez e eficiência, oferece simulação de sete marchas por meio dos paddle-shifts no volante.

Apesar disso, a Honda confirmou que tem conseguido vender tudo que chega nas concessionárias. Basicamente, todas as versões de entrada – as únicas que estavam à venda antes de outubro. "Os primeiros lotes dessas versões, que embarcam a inédita motorização 1.5 DI-VTEC Turbo Flex, direcionados para showroom e test-drive, chegam à rede em outubro, e a empresa segue empenhada em garantir a disponibilidade de veículos para atender os consumidores no menor prazo possível. A Honda está administrando a situação junto a seus parceiros de negócios e segue comprometida em minimizar os impactos aos clientes e à sua cadeia de valor.”.

A unidade de Itirapina ainda produz a dupla City e City Hatch, lançados no Brasil entre o final de 2021 a o início de 2022, respectivamente. 



Fotos: Honda / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290