BMW confirma que estuda voltar a vender carros por meio de vendas diretas, diz executivo

BMW poderá voltar a vender seus automóveis com venda direta em um futuro breve e conversa com concessionários de vários países para avaliar medida



A BMW avalia voltar a vender seus carros com venda direta. De acordo com informações reveladas pelo Diretor Financeiro da BMW, Nicolas Peter, a marca avalia se vai conseguir voltar seus automóveis por meio dessa modalidade. Se as concessionárias aprovarem a ideia, a BMW poderá voltar a vender automóveis sem um intermédio de uma concessionária, algo que marcas novatas tem feito como uma forma de baratear seu preço.

De acordo com informações do jornal alemão Muenchner Merkur via Agência Reuters, Peter destacou: “Queremos dar aos clientes a oportunidade de fazer pedidos diretamente de nós (BMW)”, disse o executivo. A marca alemã ainda estaria conversando sobre a possibilidade de venda dos seus automóveis. Se for aprovada, a venda direta começa a valer a partir de 2026. Para a MINI, isso valeria antes: em 2024. Essa medida facilitaria os preços dos carros elétricos em uma guerra de preços que tem feito várias marcas lutarem por oferecerem seus carros por menos.

Para este ano de 2023, a marca estima vender 400.000 unidades. A informação foi confirmada por Nicolas Peter, Diretor Financeiro do BMW Group. Em 2022, a empresa tinha uma meta de vender de 240 a 245 mil carros elétricos, ou seja, já será um avanço importante em relação ao ano anterior.

E mais ainda se formos analisar os resultados de 2021, quando a marca vendeu 104 mil unidades em todo o mundo. Em dois anos, será um crescimento multiplicado por quatro, se a BMW conseguir atender a demanda de 400 mil unidades neste ano. Pesam a favor desse crescimento, a chegada de novos produtos da linha ‘i’.

Atualmente, a linha de elétricos da marca conta com iX1, iX3, i3 Sedan, i4, i7 e iX, além do MINI Cooper SE, uma vez que a MINI faz parte da BMW Group. Em breve, a Rolls-Royce, que também é BMW, ganhará o Spectre. Recentemente, a BMW confirmou que a sua nova geração de elétricos, desenvolvidos com a plataforma modular Neue Klasse, usarão um novo tipo de bateria: cilíndricas.



Fotos: BMW / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR