VAG fecha parceria com a Xanadu para desenvolver melhores baterias para BEVs

VAG e Xanadu firmam parceria para desenvolvimento de programa de simulação quântica para materiais de bateria para carros elétricos seguras, leves e econômicas



A Volkswagen AG (VAG) firmou uma parceria de desenvolvimento com a Xanadu, empresa canadense que trabalha com tecnologia quântica em baterias para carros elétricos. A parceria entre as duas empresas vai estabelecer um programa de pesquisa plurianual para melhorar o desempenho de algoritmos quânticos para simular materiais de bateria, com foco em diminuir custos computacionais e acelerar uso de computadores quânticos na Volkswagen.

A simulação precisa ser eficiente para fazer com que a marca use materiais de bateria que são mais eficientes, sendo esse o maior desafio da marca alemã. Essa eficiência deve ter computadores quânticos que serão tolerantes a falhas. A Volkswagen estaria atingindo limitações em áreas de pesquisa para a construção de baterias melhores.

“Com sua estratégia NEW AUTO, a Volkswagen entra em um novo território, especialmente quando se trata de explorar oportunidades ao longo da cadeia de valor da bateria. Materiais de alto desempenho de última geração e processos eletroquímicos são os principais ingredientes desta expedição. Trabalhar em conjunto com empresas de ponta como a Xanadu é como embarcar em uma lancha rumo à próxima grande novidade: a computação quântica pode desencadear uma revolução na ciência e otimização de materiais, competências essenciais para aumentar nossa experiência interna em baterias.”, diz o Dr. Nikolai Ardey, Chefe de Inovação do Grupo Volkswagen.

Em 2021, a Volkswagen e a Xanadu se envolveram em pesquisas de vários domínios em ciência de materiais, química computacional, tecnologias de bateria e algoritmos quânticos que estabeleceram as bases para os esforços de pesquisa de longo prazo do programa. “Na Xanadu, estamos expandindo as fronteiras do hardware, software e algoritmos de computação quântica. Nosso objetivo na pesquisa de algoritmos quânticos é tornar os computadores quânticos realmente úteis. Focar em baterias é uma escolha estratégica, dada a demanda da indústria e as perspectivas de computação quântica para ajudar a entender a química complexa dentro de uma célula de bateria”, disse Juan Miguel Arrazola, Chefe de Algoritmos da Xanadu.

“Estamos entusiasmados por trabalhar ao lado da fantástica equipe da Volkswagen para realizar pesquisas de ponta focadas na superação dos obstáculos técnicos em algoritmos quânticos que serão necessários para liberar o potencial da computação quântica para o desenvolvimento de baterias”, acrescentou Arrazola. A parceria entre as duas empresas ainda vai visar a investigação de problemas computacionais adicionais na descoberta de materiais onde a computação quântica tem as perspectivas mais fortes de impacto massivo.

“Nossa parceria com Xanadu é um grande exemplo do compromisso da Volkswagen em alavancar tecnologias inovadoras como computação quântica para acelerar rumo a soluções de mobilidade 100% elétrica, otimizando nossos processos sempre que possível. Estamos empolgados em ultrapassar os limites da simulação de materiais e construir com base na pesquisa fundamental que fizemos até agora com a equipe de algoritmos quânticos de Xanadu.”, disse o Dr. Arne-Christian Voigt, Future Research, Volkswagen AG.



Fotos: Volkswagen e Xanadu / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290