Ford Explorer é avistado rodando em testes no Brasil e reacende rumores de vinda ao país

Ford Explorer é vista rodando em testes no Brasil com camuflagem em quase toda a carroceria por site; modelo poderia estar em testes para voltar para nosso mercado?



A Ford confirmou que vai apostar em uma série de novos produtos no nosso mercado. Só em 2023 serão 10 novos modelos em um total, só para ter noção. A marca não confirma nada sobre a chegada de produtos que ainda são um segredo. É diferente da Ranger, por exemplo, que é um produto que sabemos que estreia neste ano, assim como o Mustang Mach-E e assim como aconteceu também com a F-150.

Por isso, a vinda do Explorer em nosso mercado se torna uma dúvida. Ainda mais depois que o pessoal do Motor1 Brasil flagrou uma unidade do Explorer rodar em nosso mercado muito bem camuflado (como se precisasse, pelo menos, para nós que sabemos como é o SUV desde o lançamento desta geração, em 2019). Até poderíamos pensar que o Explorer rodando em nosso mercado pode estar sendo usado para testes de componentes, visto que a Ford tem o Campo de Provas de Tatuí (SP) e o SUV foi flagrado pelo leitor do site em São Paulo (SP).

O flagrante é curioso, com o SUV praticamente todo coberto, deixando apenas os faróis e lanternas descobertos. O SUV até poderia estar em testes de componentes e peças, mas isso é diferente do que vimos há alguns meses, quando até SUVs da Lincoln estavam rodando na Bahia (veja aqui). Na época, os Ford F150, Mustang Mach-E e Expedition andavam ao lado de um Lincoln Navigator. Eles foram avistados, sem camuflagem, no arredores de Camaçari (BA), onde ficava a fábrica de Ka e EcoSport, e é onde a marca norte-americana tem sede do Centro de Desenvolvimento e Tecnologia da Ford.

O modelo avistado em território brasileiro é ou da versão ST-Line (como o modelo das imagens) ou a versão Limited, por conta do escape duplo. Em nosso mercado, o Explorer é cotado desde 2021, em rumores (veja aqui). Além disso, aqui, há outros rumores que falam que o Everest será produzido na Argentina. Ambos os SUVs levam sete, mas diferem bastante entre si. O Everest traria possivelmente a mesma mecânica da Ranger, com motores 2.0 e 3.0 V6 Turbo Diesel. O Explorer, por sua vez, é vendido com motores a gasolina e híbrido a gasolina. Esse último seria uma opção bastante interessante para quem busca um SUV de sete lugares mais econômicos, o que colocaria a Ford em uma faixa de SUVs de R$ 300.000 a R$ 400.000.

O motor híbrido é o 3.0 V6 EcoBoost de 355cv junto de um elétrico de 102cv. A potência combinada é de 455cv de potência e o torque é de 85,6kgfm. Com câmbio automático de 10 marchas, o Explorer conta com consumo de surpreendentes 29,4km/l e emissões de CO2 de 78g/km. Outra opção de motor é o 2.3 EcoBoost de 300cv e 42,8kgfm, com capacidade de reboque de 2.404kg e a mesma transmissão automática. Aqui, o Explorer já chegou a ser vendido entre 1991 na primeira geração até a sua terceira geração, em 2006. Segundo a Ford, nestes quinze anos foram 6.293 unidades vendidas do SUV por aqui.



Fotos: Ford / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

BYD Dolphin Mini abre regime de pré-venda no Brasil com sinal de R$ 10.000; estreia é dia 28

BYD Dolphin Mini pode ser lançado no Brasil com preço inicial de R$ 89.800 ou R$ 99.800

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Ford diz que foi a Volkswagen que não quis produzir a nova Amarok junto da Ranger

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize