Volkswagen ID.4 chega ao nosso mercado primeiro por meio de assinatura do Sign&Drive

Volkswagen confirma o início do aluguel da sua linha de elétricos em nosso mercado com o ID.4, que chega como primeiro elétrico da marca alemã



A Volkswagen confirmou que vai trazer seus automóveis elétricos primeiro com uma plataforma de assinatura do Sign&Drive, plataforma de assinatura mensal da marca. A informação foi confirmada por uma publicação da marca no Instagram. Em uma imagem, a Volkswagen confirmou: “Sem ID.4 por assinatura. Em breve, disponível para todo Brasil”. A marca ainda revelou uma frase enigmática que dá ao entender que a marca vai vender o SUV elétrico de uma maneira convencional dentro de alguns meses, ao usar o termo ‘por enquanto’.

“Sinta essa energia: o ID.4 estaciona sozinho e memoriza a última manobra para estacionar novamente. Por enquanto, o novo SUVW estará disponível apenas pelo Sign&Drive. Assine e dirija seu elétrico sem se preocupar com burocracias #SUVW #ID4 #VWBrasil”, destacou a marca. Pelo Sign&Drive, a Volkswagen poderá ter mensalidades de 12 a 24 meses, com uma franquia de quilometragem. Lançado em 2020 no exterior, o ID.4 é um SUV médio com porte maior que o Tiguan europeu. Esperado no nosso país desde 2021, o SUV médio estreia na versão topo de linha Pro.

Desenvolvido sobre a plataforma modular MEB, o ID.4 conta com 4,592 metros de comprimento, 2,765 metros entre os eixos, 1,852 metro de largura e 1,629 metro de altura. O porta-malas tem capacidade de 543 litros e o coeficiente aerodinâmico é de 0,28Cx. De acordo com a Volkswagen, a bateria do ID.4 está localizada no centro da parte inferior da carroceria, ajudando a criar um baixo centro de gravidade e uma disposição otimizada em termos de dinâmica de condução, assim como distribuição de peso. Visualmente, o ID.4 se destaca pelas suas linhas mais retilíneas que o conceito que o antecipou, o ID Crozz Concept.

Na dianteira, ele conta com faróis Full-LED (LED Matrix de LED com faróis diurnos e faróis que “cumprimentam” a cada abertura do carro, disponível nas versões mais caras) que trazem um desenho fluído com luzes diurnas que se conectam por meio da grade dianteira, que possui um detalhe cromado na parte superior, seguindo a linha do DRL. O para-choque dianteiro é liso e conta apenas com molduras nas extremidades do para-choque dianteiro e uma entrada de ar na parte inferior do para-choque, usada para a refrigeração das baterias. Visto de lateral, o utilitário esportivo elétrico conta com uma linha de cintura alta e sinuosa, contando ainda com as colunas C bem largas.



Ele traz ainda um teto solar com vidro panorâmico e o arco que nasce na parte superior do vidro lateral percorre todo o segundo volume e morre na coluna C. Na traseira, o ID.4 possui lanternas em LED escurecidas que possuem elementos visuais em 3D, com LED halogêneo. O para-choque traseiro, assim como toda a parte inferior do carro, possui acabamento preto. No interior, ele conta com volante multifuncional eletricamente ajustável e touch screen. Os controles dos vidros elétricos e luzes de alerta de perigo são físicos. Há ainda quadro de instrumentos com estilo de tablete, digital e com tela de 5,3 polegadas.

Ainda por dentro, o utilitário esportivo tem novidades ficam pelo acabamento das portas e pelas saídas de ar-condicionado, que as saídas das extremidades são menores no SUV, com um estilo mais retangular e fino. O painel do ID.4 ainda é mais horizontal, mas dividem o mesmo quadro de instrumentos e central multimídia, essa última com tela de 10 polegadas de série ou 12 polegadas como opcional. O carro ainda deve contar com uma opção de iluminação interna da carroceria, em LEDs, com 30 opções de cores, chamado pela Volkswagen de ID Light. Na mecânica, o ID.4 vem com motor elétrico que desenvolve 204cv de potência com torque de 31,6kgfm, com tração traseira.

Ele acelera de 0 a 100km/h em 8,5 segundos e chega a velocidade máxima de 160km/h. A bateria é de 82kWh deve oferecer uma autonomia de 520km. Ele ainda deve contar com o carregador de bordo 11kW, que permite que se ganhe 85km de autonomia em uma hora e uma carga completa é feita em 7 horas. Com uma estação de carregamento rápido DC, de 125kW, o ID.4 deve carregar de 0% a 80% em 38 minutos. Aqui, ele deve ser lançado com preços na casa dos R$ 350.000 a R$ 400.000, ou seja, atuará numa faixa de preços mais alta, sendo o carro mais caro da marca.



Publicação



Fotos: Volkswagen / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Eccentrica apresenta o Lamborghini Diablo remasterizado que agora desenvolve 550cv

Mercedes-Benz lança o Classe G 63 AMG Grand Edition no Brasil, por caros R$ 2.247.900

Tank registra novas imagens de patente do 700 Hi4-T no MIIT e confirma uso de motor de 517cv

Fiat Titano vai virar RAM 1200 no México, antecipa teaser; picape ganhará quarto logotipo

GWM adiciona caminhões elétricos para fazer entregas de peças para concessionárias

GWM registra imagens de patente do Veyron na China, que pode ser da marca Haval ou da Sar

Volkswagen lança Polo Robust, versão voltada ao agronegócio, que chega por R$ 89.290