Lexus apresenta o TX, seu novo SUV de sete lugares que chega para substituir o RX L

Substituto do RX L, Lexus apresenta oficialmente o TX, um SUV grande com capacidade de levar sete ocupantes e que estreia com opção de motor híbrido



A Lexus apresentou um inédito utilitário esportivo na América do Norte. Trata-se do TX, que estreia como o substituto do RX L, como um SUV de sete lugares. Desde a chegada da nova geração do RX, no ano passado, a marca já tinha confirmado que ele teria apenas a carroceria de cinco lugares. Isso porque a marca já estaria preparando o seu substituto, o TX, que faz sua estreia global. Ao contrário de ser um modelo alongado do RX, a Lexus decidiu criar um modelo inteiramente diferente e com o espaço que o antigo RX L tinha.

Desenvolvido para atender a América do Norte, o TX pode acabar sendo vendido em outros mercados no futuro. A marca premium, que vem apostando em uma série de novidades nos últimos meses, aposta no TX para fisgar consumidores de famílias que querem um SUV premium. Em termos de design, ele conversa bastante com os demais produtos da marca – apesar de vir com uma grande proporção. Na dianteira, o TX possui faróis horizontais e compactos, tendo uma luz diurna (DRL) em LED com uma forma em ‘L’ que extrapola as linhas compactas dos faróis.

Os faróis se conectam por meio de uma barra em preto brilhante e um friso prateado abaixo, que une também os dois faróis. Acima dessas barras fica o logotipo da marca, ainda no para-choque. Falando nele, o para-choque possui uma grade dianteira trapezoidal e com uma grelha com detalhes em pequenas barras horizontais e que se parece se fundir diretamente com o para-choque, com uma grade sem borda – tendo ainda elementos na mesma cor da carroceria. O para-choque dianteiro ainda tem uma entrada de ar inferior trapezoidal com duas barras horizontais.

Nas extremidades, o TX possui os faróis de neblina em um acabamento estilizado e em preto brilhante – onde também está alocado alguns sensores. No capô, a Lexus desenhou a novidade com dois vincos mais centrais e outros vincos mais nas extremidades. Os vincos mais centrais parecem partir da grade superior em preto brilhante, que liga os faróis. De perfil, se percebe que a Lexus quis mesmo que o TX fosse um SUV bem familiar. Ele possui uma ampla área envidraçada, especialmente na janela vigia. Em termos de carroceria, ele possui uma carroceria com vincos que nascem nos faróis e percorrem as laterais e que terminam no fim do desenho dos vidros.



Com caixas de rodas com um desenho mais quadrado, ele possui vincos que reforçam a sensação dos para-lamas alargados, com os vincos dos para-lamas se conectando por conta do vinco na parte inferior das portas. Toda a parte inferior da carroceria poderia ter um acabamento em plástico preto, mas está na mesma cor da carroceria. Ele possui um logotipo no para-lama dianteiro que é específico da versão F-Sport. Ele traz retrovisores com base nas portas e com repetidores de setas, enquanto as portas tem maçanetas convencionais. Na coluna D, a Lexus aplicou um acabamento em preto ou preto brilhante que une os vidros laterais com o vidro traseiro.

Por fim, ele possui rodas de 20 ou 22 polegadas, com as rodas de 20 polegadas tendo pneus 225/55 R20 e as rodas de 22 polegadas são calçadas com pneus 255/45 R22, variando de acordo com cada versão. No teto, a Lexus colocou um teto solar panorâmico e uma antena estilo barbatana de tubarão. Indo para a traseira, ele possui um aerofólio que traz brake-light integrado e com um prolongamento do aerofólio para as laterais dos vidros. As lanternas tem um desenho horizontal e se conectam entre si por meio de uma barra em preto brilhante que traz o nome Lexus escrito por extenso. As lanternas tem iluminação em LED e com detalhes escurecidos.

A tampa do porta-malas ainda possui espaço para a placa e mais abaixo existe um vinco horizontal que percorre toda a tampa do porta-malas, invadindo o para-choque traseiro. Nele, a Lexus adicionou um acabamento em plástico preto com refletores horizontais e um acabamento inferior e central que pode ser em plástico preto ou prateado. Por dentro, a marca japonesa adicionou um padrão bem Lexus. A começar pelo quadro de instrumentos com uma tela digital de 12,3 polegadas e com um volante de três raios, multifuncional e com detalhes prateados.

Ao lado esquerdo, existe um acabamento em preto brilhante onde fica a saída de ar-condicionado do motorista e alguns controles de iluminação. Esse mesmo acabamento brilhoso é visto no lado direito do quadro de instrumentos. É nele que fica a central multimídia com tela de 14,0 polegadas, que na parte inferior ainda possui alguns controles do sistema de ar-condicionado. A parte superior e esquerda da tela fica o botão Start/Stop do SUV. Abaixo da tela da central, ele tem duas saídas de ar-condicionado centrais, separadas apenas pelo botão do pisca-alerta. O SUV ainda traz um console central que tem espaço para smartphones carregarem por indução.



O console ainda possui uma pequena alavanca de câmbio e no lado direito ficam dois porta-copos. O console também possui uma série de entradas USB. No lado direito do painel, fica apenas a pequena saída de ar horizontal do passageiro. O painel, quando visto próximo do para-brisa, parece trazer dois andares, com linhas que se conectam com os painéis das portas. Se percebe que a marca não economizou na quantidade de couro que está espalhado, não só pelo painel, mas também nos bancos. O SUV ainda possui outros detalhes como sistema de som premium Mark Levinson de 21 alto-falantes e uma disposição dos bancos em 2+2+2 ou 2+3+2.

Os passageiros da segunda fila possuem controles de temperatura e aquecedores ao fim do console central dianteiro, onde também estão as saídas de ar. Por dentro, a Lexus confirmou que desenvolveu o TX com uma série de compartimentos e porta-objetos, além de poder vir com um mini console removível que possui porta-copos e vários compartimentos. Desenvolvido a partir da plataforma modular TNGA-K, o TX possui 5,160 metros de comprimento, 2,950 metros entre os eixos, 1,990 metro de largura e 1,780 metro de altura. O SUV possui um porta-malas de ótimos 569 litros de capacidade após a terceira fileira de bancos.

No entanto, ele pode chegar a 1.625 litros de capacidade com a terceira fileira de bancos rebatida e a 2.747 litros com a segunda e a terceira fileira de bancos dobradas. A Lexus confirma que ele será vendido nas motorizações 350, 500h e 550h+. A primeira é equipada com o motor 2.4 Turbo a gasolina que desenvolve 279cv e 43,7kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas, com tração dianteira – que, opcionalmente, pode ser integral. A segunda opção é o motor 2.4 Turbo Hybrid, que possui uma transmissão automática de 6 marchas e uma tração integral Direct4. O conjunto desenvolve 371cv e 56,4kgfm.



O 2.4 tem 275cv e 46,9kgfm, enquanto os motores elétricos entregam 83cv (eixo dianteiro) e 81cv (eixo traseiro), com tração AWD. A partir dessa versão, ele possui um sistema de eixo traseiro direcionável, que giram em direção opostas às rodas dianteiras. Por fim, o 550h+ Hybrid Plug-in (PHEV) alia o motor 3.5 V6 junto de uma transmissão CVT e uma tração com sistema de tração integral Direct4. Juntos, os motores a combustão e elétricos entregam 412cv e oferece uma autonomia puramente elétrica de 55km, sendo um conjunto que não teve muitas informações divulgadas.

A Lexus confirmou que o TX foi desenvolvido levando em consideração minimizar ruído, vibração e aspereza. Como parte deste esforço, os engenheiros reforçaram a estrutura e melhoraram o sistema de direção. Num primeiro momento, ele será vendido nas versões Standard, Premium, Luxury e F Sport Performance. De série, ele será vendido com Head-Up Display (HUD), iluminação multicolorida em LED no interior, sistema de áudio premium Mark Levinson de 21 alto-falantes, volante aquecido, bancos dianteiros aquecidos e ventilados e um porta-malas de abertura elétrica.

Em termos de tecnologia, o pacote Lexus Safety System+ 3.0 adiciona controle de cruzeiro dinâmico por radar em todas as velocidades, assistente de rastreamento e centralização de faixa, alerta de pré-colisão com detecção de pedestres, que está aliado ao Lane Departure Alert com Steering Assist, Road Sign Assist e Proactive Driving Assist. O pacote também traz sistema Advanced Park, que ajuda em estacionar o SUV em vagas paralelas e perpendiculares, Traffic Jam Assist e outros. O TX 550h+ deve ser lançado posteriormente, no início de 2024. O SUV será produzido na fábrica de Princeton, Indiana, nos Estados Unidos. Os preços começam em US$ 55.050 e chegam aos US$ 72.650. 







Fotos: Lexus / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Volkswagen apresenta as primeiras imagens teaser de um possível Golf GTI Edition 50

Ford tem desconto de R$ 17 mil para a Ranger; Maverick, Bronco Sport e Transit tem promoção

Toyota registra imagens de patente de câmbio manual que simula de 14 marchas no USPTO

BMW lança promoção adicional para iX1 e iX no Brasil até o próximo dia 31 de maio

MINI revela imagens teaser do desenvolvimento da condução com uso de óculos VR

BMW cogitou produzir 50 unidades da Z4 Touring Coupé Concept, mas desistiu do projeto

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

Chery reajusta o preço do Tiggo 5X em R$ 1.000 e Tiggo 7 Sport pode receber primeiro aumento