ElectraMeccanica recompra todas as unidades do Solo EV e foca em novo produto compacto

Mal de Troller Pantanal: ElectraMeccanica recompra todas as unidades produzidas do Solo EV desde 2019 por problema de produção crucial para o projeto



Você provavelmente não conhece a ElectraMeccanica, uma empresa canadense que apresentou o Solo EV há alguns anos. Mas você certamente lembra da Troller, que produziu o saudoso T4 por anos. No início dos anos 2000, a marca decidiu que produziria uma picape, batizada de Pantanal. A produção teve que ser encerrada e todas as unidades foram adquiridas de novo por conta de um problema no chassi, que poderia ter trincas que poderiam romper as longarinas do chassi. Agora, a ElectraMeccanica também anunciou a recompra de unidades tal qual a Troller fez no passado.

A marca canadense, no entanto, não revelou motivos muitos esclarecedores para além do problema de perda repentina de força motriz do elétrico. Com isso, a empresa confirmou que terá que recomprar todas as unidades do Solo EV produzidas desde 2019 – basicamente, desde o início da produção. O custo para a recompra das unidades será da ordem de US$ 8,9 milhões, de acordo com informações do Automotive News Canadá. Em quatro anos, entre 2019 a 2023, produziu 429 unidades, onde cada unidade tem preço de US$ 18.500.

Para a sua produção, a ElectraMeccanica contou com a ajuda da chinesa Zongshen, a quem a marca canadense culpabiliza sobre o problema do compacto elétrico. Apesar disso, a ElectraMeccanica possui capital para a recompra do Solo e para retomar a produção – ou até mesmo, desenvolver um novo produto. Isso porque já existem rumores de que a marca trabalha em um compacto elétrico acessível, de quatro rodas e com um aspecto de um carro tradicional. Isso deve fazer com que o veículo seja elegível para receber os incentivos fiscais dos Estados Unidos.

“A missão da empresa quando comecei era fechar o último posto de gasolina. Se tiver duas rodas, três rodas, quatro rodas ou 18 rodas, se for elétrico e não um motor de combustão de combustível fóssil, não poderia estar mais entusiasmado.”, disse Jerry Kroll, Cofundador e Diretor da ElectraMeccanica. Com uma fábrica em Mesa, Arizona, nos Estados Unidos, a empresa deve focar na criação deste novo produto. O Solo EV vinha com um motor elétrico que desenvolvia 53,7cv de potência e 13kgfm de torque, capaz de fazer acelerar de 0 a 100km/h em 10 segundos. A velocidade máxima é de 129km/h e tem uma autonomia de 160km, enquanto as baterias são de 17,3kWh.



Fotos: ElectraMeccanica / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Chevrolet terá Feirão de Fábrica neste final de semana em São Caetano do Sul e promoções

BMW lança novo Série 5 no Brasil, com versão híbrida 530e, que estreia por R$ 574.950

Porsche apresenta seu novo logotipo para comemorar os 75 anos de fundação da marca

Toyota investe mais R$ 160 milhões na fábrica de Sorocaba (SP) com novo Centro de Peças

Hongqi revela oficialmente a segunda geração do HS3 na China, com motor de até 252cv

BYD King é o batismo global do Destroyer 05 e chega para colocar Toyota Corolla na mira

BYD tem promoção 'DiaE' neste sábado, 22/06, com Dolphin por R$ 135.300, com bônus

GM confirma que carros compactos elétricos e lucrativos vão demorar um pouco mais

Toyota apresenta atualização para o catálogo de versões da Hilux, com fim da versão SRX